Menor oferta e exportação dão sustentação ao mercado, por Scot Consultoria

Publicado em 02/06/2020 16:58 150 exibições

Thayná Drugowick

zootecnista

Scot Consultoria

Referência em São Paulo

Na praça paulista, a cotação do ‘’boi comum’’ está estável na comparação feita dia a dia.

Para os animais com destino ao mercado chinês o mercado está firme. Os negócioscom machos com menos de quatro dentes giram em torno de R$200,00 a R$205,00 por arroba.

Para a novilha a cotação está em R$190,00/@ bruto à vista.

Recorde na exportação

Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), em maio o Brasil embarcou 155,13 mil toneladas de carne bovina in natura, recorde para o mês.

A média diária ficou em 7,76 mil toneladas, frente às5,65 mil toneladas em igual período de 2019, incremento de 37,2%.

A receita do mês ficou em US$682,64 milhões, 41,5% maior que a de maio de 2019.

Norte de Minas Gerais

Com disponibilidade de gado limitada e as escalas encurtando, as indústrias frigoríficas tiveram que ofertar preços maiores para atender as programações de abate.

Na região a cotação do boi gordo subiu 1,6% na comparação dia a dia, ou R$3,00/@, e ficou cotadaem R$195,00/@, considerando o preço bruto, a prazo, R$194,50/@, com desconto do Senar, e R$192,00/@ com desconto do Funrural e Senar.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário