Oferta de boiadas em baixa e exportações em alta, por Scot Consultoria

Publicado em 16/06/2020 17:00 531 exibições

Lucas Souza

engenheiro agrônomo

Scot Consultoria

São Paulo

Passado o feriado e o recebimento dos salários que impulsionaram as vendas de carne bovina, a atenção agora está voltada para o comportamento do consumo doméstico frente à retração econômica se acentuando. No entanto, as escalas de abates curtas,por causa da pouca oferta de boiadas, associada ao bom desempenho da exportação, têm fortalecido o mercado do boi gordo.

No estado, o boi gordo está cotado em R$207,00/@, bruto e à vista, R$206,50/@, livre de Senar, também à vista, e em R$204,00/@, descontados os impostos (Senar e Funrural) e à vista. Houve alta de 1% ou R$2,00/@ na comparação feita dia a dia.

Para os bovinos de até quatro dentes, destinados ao mercado chinês, os negócios estão em até R$215,00/@.

Alta no Pará

A escassez de boiadas e as escalas apertadas melhorou também a cotaçãodo boi gordo no Pará.

Na região de Marabá-PA, a arroba do boi gordo está cotada em R$200,00, bruto e a prazo, R$199,50, livre de Senar, a prazo, e em R$197,00, descontados os impostos (Senar e Funrural), também a prazo. Houve alta de 2,6% ou R$5,00/@ em relação ao fechamento de ontem.

No mesmo ritmo, em Redenção-PA a cotação do boi gordo também subiu 2,6% frente ao dia anterior e está cotada em R$197,00/@, bruto e a prazo.

Exportação de carne bovinas com bom desempenho

Os embarques de carne bovina in naturaganharam força.Nas duas primeiras semanas de junho, o volume exportado foi de 64,5 mil toneladas.

Esse número traduz uma expansão do desempenho de 30,9% em média no embarque diário, frente à primeira semana do mês. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o volume diário está 18,9% maior.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário