Boi Gordo, por Scot Consultoria: Mercado estável na praça paulista

Publicado em 02/07/2020 17:14 348 exibições

Lucas Souza

engenheiro agrônomo

Scot Consultoria

Em São Paulo, o tom foi de estabilidade frente ao fechamento do dia anterior (1/7).

A cotação do boi gordo destinado ao mercado interno está firme em R$220,00/@, bruto e à vista, R$219,50/@, livre de Senar e também à vista, e em R$216,50/@, descontados o Senar e o Funrural, na mesma condição de pagamento. 

O boi jovem até 30 meses, que atende às exigências do mercado chinês, é negociado em até R$225,00/@, preço bruto e à vista.

Para as fêmeas, vaca e novilha, a cotação está em R$200,00/@ e R$210,00/@, respectivamente, bruto e à vista.

Rio Grande do Sul

No estado, o mercado ganhou força em função da pouca oferta de boiadas e da boa condição das pastagens de inverno, o que deu maior poder de negociação para o pecuarista.

Nesse quadro, a cotação do boi gordo subiu 1,3% na comparação feita dia a dia, e está cotada em R$7,70/kg, bruto e a prazo, e em R$7,60/kg, descontado os impostos ( Senar e Funrural ), também a prazo.

Exportação firme

Em junho,o volume exportado de carne bovina in natura foi recorde para o mês. O volume foi de 152,5 mil toneladas, com faturamento de US$655,5 milhões.

A quantidade exportada cresceu 33,2%, e a receita 48,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Em relação a maio, o volume destinado ao exterior caiu 1,7%.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário