Boi Gordo, por Scot Consultoria: Mercado calmo no início da semana

Publicado em 30/11/2020 17:03 518 exibições

Rodrigo Queiroz

Scot Consultoria

A praça paulista começa a semana com estabilidade nos preços negociados, apesar de as indústrias frigoríficas abrirem o mercado ofertando menos pela arroba do boi gordo. No estado o boi gordo continua apregoado em R$275,00/@, preço bruto e à vista, R$274,50/@ descontando o Senar e R$271,00/@ descontando o Senar e Funrural, nas mesmas condições.

As ofertas para vaca gorda e novilha gorda também se mantiveram, ainda que a oferta de fêmeas continue bem restrita. Estão cotadas em R$258,00/@ e R$268,00/@, respectivamente, preços brutos e à vista. 

Para os machos que atendem os requisitosde exportação, as ofertas chegam a R$280,00/@, preço bruto e à vista.

Norte de Minas Gerais

Na região nortemineira, a cotação da arroba do boi gordo caiu R$1,00 na comparação feita com a última sexta-feira e está em R$275,00/@, considerando o preço bruto e aprazo, R$274,50/@, com desconto do Senar e R$271,00/@ com desconto do Senar e Funrural.

A cotação da vaca gorda também acompanhou o movimento e recuou 0,8%, ou seja,R$2,00/@, e está apregoada em R$260,00/@, considerando o preço livre de impostos e à vista.

No Brasil

A oferta restrita de animais é observada na maior parte das praças brasileiras. As indústrias frigoríficas encontram dificuldades em compor as escalas e estão pulando dias de abate ou diminuindo o abate diário.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário