Café: Governo e entidades do ES tentam convencer o Mapa de que não há necessidade de importação

Publicado em 23/12/2016 15:23 e atualizado em 24/12/2016 08:20
82 exibições
Com a intenção de convencer o Ministério da Agricultura de que há estoques suficientes para atender o mercado e que por isso não se justifica a importação de café robusta do Vietnã, a Secretaria de Agricultura do Espírito Santo e o INCAPER - Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, decidiram fazer um levantamento independente dos estoques de café conilon no Estado para apontar qual o real volume do produto armazenado por cafeicultores e cooperativas à disposição do mercado. Segundo o secretário capixaba de Agricultura, Octaciano Neto, a intenção dessa espécie de força-tarefa montada por governo e entidades de produtores do Estado é entregar o relatório dos estoques capixabas ao governo federal até 10 de janeiro do ano que vem, portanto, antes do dia 15 quando será realizada a próxima reunião da CAMEX – Câmara de Comércio Exterior. “Vamos levantar junto aos produtores, cooperativas, comerciantes regionais, exportadores e indústrias todo o estoque que temos para apresentar o real número ao ministério. E vamos mostrar que não há necessidade de importação porque há estoque disponível”, disse Octaciano Neto. A Conab – Companhia Nacional de Abastecimento, também vai realizar um levantamento dos estoques até 15 de janeiro de 2017 (fonte: Jornal VALOR Econômico). 

Nesta semana que antecede o Natal, especuladores e fundos aproveitaram o impasse no mercado brasileiro de café (com a ameaça do Ministério da Agricultura de importar café robusta verde) para derrubar as cotações na ICE Futures US. Do fechamento de sexta-feira passada, dia 16, até o fechamento de hoje, quinta-feira, dia 22, os contratos de café com vencimento em março próximo acumularam baixa de 335 pontos. Para atender interesses de curto prazo, manipulam as cotações e jogam por terra o trabalho de milhares de cafeicultores e trabalhadores rurais. O mercado físico brasileiro permaneceu praticamente paralisado, sem vendedores nas bases oferecidas pelos compradores. 

Até dia 21, os embarques de dezembro estavam em 1.349.395 sacas de café arábica, 3.009 sacas de café conilon, mais 144.817 sacas de café solúvel, totalizando 1.497.221 sacas embarcadas, contra 1.551.974 sacas no mesmo dia de novembro. Até o mesmo dia 21, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em dezembro totalizavam 2.309.905 sacas, contra 2.404.574 sacas no mesmo dia do mês anterior. 

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 16, sexta-feira, até o fechamento de hoje, quinta-feira, dia 22, caiu nos contratos para entrega em março próximo 335 pontos ou US$ 4,43 (R$ 14,61) por saca. Em reais, as cotações para entrega em março próximo na ICE fecharam no dia 16 a R$ 638,03 por saca, e hoje dia 22, a R$ 606,76 por saca. Hoje, quinta-feira, nos contratos para entrega em março a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 545 pontos. 
 
Desejamos um Feliz Natal para todos nossos clientes e amigos.
Fonte: Escritório Carvalhaes

0 comentário