Feijão: Tempo firme permite a colheita no MT e no sul de MG; produtores relatam baixa produtividade

Publicado em 19/05/2015 16:00

Dentro do previsto, o tempo firme vai permitindo a colheita no Mato Grosso e no sul de Minas. Com isso, ontem, o volume de negócios foi muito pequeno. Como neste momento ainda a demanda é pequena por parte do varejo, os empacotadores aguardam para ver se haverá ainda mais algum recuo nos preços. Até o momento, as referências no Mato Grosso têm se mantido entre R$ 115,00/120,00. A grande maioria dos produtores tem relatado rendimentos extremamente baixos na produtividade. Isto implica em custos mais altos. Em Minas Gerais, na região sul do estado, tem-se observado o mesmo fenômeno. Já no Paraná, a colheita avança e estima-se que tenha ultrapassado os 60% na última semana. Pouco desta colheita tem ficado armazenado. Mesmo com umidade alta, os produtores procuram limpar, secar e vender o mais rapidamente possível. As referências para o feijão resultante, não melhor que notas 7,5/8, dificilmente ultrapassam R$ 125,00.

Bolsa de feijão do Brás

Saiba mais sobre o mercado de feijão no informativo da Correpar SÓ FEIJÃO

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário