Feijão: Preocupação dos produtores é manter os níveis de preços que vinham sendo praticados

Publicado em 20/12/2016 17:25
317 exibições
No Paraná, as chuvas atrapalham a colheita nos últimos dias. O feijão precisa ser secado e não encontra compradores no momento.

A principal preocupação dos produtores é em manter os níveis de preços que vinham sendo praticados, seja no Paraná ou em São Paulo.

Ocorre que, sem os compradores, talvez não seja hora de forçar a venda.

Há indicações de que compradores estariam, quando muito, coletando amostras.

Para feijões Campos Gerais, R$ 130,00/135,00 e para o Dama R$ 135,00/140,00 seriam agora nominais.

Em São Paulo, na região do Brás, a oferta foi de 8.000 sacas e, às 7h30, sobravam 5.000 sacas. Os preços foram R$ 160,00 para nota 9,5, R$ 140,00 para nota 8,5 e R$ 8 para nota 135,00.

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE

Tags:
Fonte:
IBRAFE

1 comentário

  • Alin Pedro Itumbiara - GO

    O que outrora era ouro, agora, apenas ouro de tolo.

    1