Análise de mercado do feijão

Publicado em 23/04/2010 15:57 1374 exibições

FEIJÃO CARIOCA –  O mercado do feijão carioca termina a semana relativamente firme. Foi surpreendente este comportamento em uma semana com feriado e diante da colheita da segunda safra. Esta situação permite projetar bastante ativoum mercado para o mês de Maio. Ontem ocorreram negócios registrados nas corretoras da Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM), em Castro, no Paraná,  e região, para nota 8 entre R$100/105 dependendo da peneira. Não se encontra feijão acima de nota 8,5 no Paraná. Novamente os produtores posicionaram o preço de venda no leilão acima de mercado que registrou como melhor oferta, para nota 8,  R$ 100 por saca.  Registraram-se ontem diversos lotes de  feijão negociados em Minas Gerais.  Para Pérola nota 9 foi pago até R$ 135, o mesmo valor praticado em Santa Catarina.  Em São Paulo, nota 9 ao preço de R$ 155/160, nota 8,5  a R$ 125 e nota 8 a R$ 120.


FEIJÃO PRETO   Mercado estável, com poucos negócios ontem. Muitos vendedores  especulando sobre a virada do mês. Pelo lado dos compradores há a esperança dos preços caírem com a segunda safra, mesmo com pouca produtividade e ainda sem a certeza de saber como será a qualidade. Ontem,  choveu em algumas regiões produtoras no sul do Paraná, já na região no centro-sul há estiagem. Há um mês as lavouras sentem muito a falta de água. Previsões indicam chuva para hoje, em boa parte do Paraná. No campo os preços variam muito mais e a referência ontem  foi R$ 85,00 FOB. Ontem os preços se mantiveram na faixa de R$ 95/97 CIF São Paulo, Rio e Belo Horizonte para feijão da primeira safra. 

 

mercado atacadista do bras

 

Clique aqui para ampliar!

 

preco pago ao produtor nas fontes

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário