Feijão: Durante o final de semana a procura nas fontes permaneceu forte

Publicado em 26/07/2010 16:00 794 exibições

FEIJÃO CARIOCA 7H30 - Durante o final de semana a procura nas fontes permaneceu forte. Apesar de que os compradores terem como certa a queda de preços para esta semana, insitiram em continuar a busca por feijões nota 9 por volta de R$ 100, com prazo. Porém os produtores que tem feijão nota 9 ou melhor, com peneira 12,permaneceram ainda durante o fim de semana em R$ 100, a vista. A expectativa de queda é geral,  de produtores até os empacotadores, porém, a cada novo pivô que inicia a colheita chegam na região produtora novos compradores vindos de todas as regiões do Brasil e que vão se dirigindo para o quadrilatero formado pricipalmente neste momento entre Cristalina e Formosa (GO), e Unaí e Paracatu (MG). Pode oscilar negativamente com a  entrada maior em determinado momento mas vai ficando mais difícil esperar que aja uma queda mais forte como em algum momento chegou a ser previsto abaixo de R$ 80. O leilão nesta semana deverá apresentar um bom volume de vendas se houver sensibilidade para diminuir o preço de abertura. A qualidade deste feijão varia e a Correpar tem catalogado diversos lotes de nota 7 ou até melhor. Nesta madrugada o mercado paulista apresentou 29 mil sacas ofertadas com venda de  18.500 sacas. Os preços estão em R$ 120 para nota 9, R$ 100 nota 8,5 e R$ 95 para nota 7. 

 

FEIJÁO CARIOCA 10H - A oferta esta aumenando rapidamente durante o dia. Principalmente na região de pivôs em Minas e Goiás a oferta dos compradores está em R$ 90 nesta manhã. Os produtores procuram firmar em R$ 100 mas será impossivel, ao que parece,  mudar no curto prazo o mercado.

 

FEIJÃO PRETO 7H30- Mercado de feijão preto pode estar chegando perto do seu limite de baixa. Tomando por base os seguintes fatos: a Argentina acaba de fechar cerca de 8000 T para Venezuela. Isto a principio deverá tirar do mercado daquele país a pressão dos que precisam vender mais urgentemente. Ja por outro lado os que se sujeitam a vender nos níveis mais baixos entregam o feijão do pior qualidade. Aqui no mercado interno percebe-se a diminuição da oferta de feijões mais fracos,  que vinham dando sutentação aos baixos preços praticos  para o  fardo. Assim,  abre-se oportunidade de alguma variação positiva nos próximos 30 dias. Até sexta-feira o valor FOB para tipo 2 foi de R$ 75. CIF R$ 90 sobraram compradores e houve poucos vendedores. 

 

mercado atacadista

 

Preço da Saca de 60 kg

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor


Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário