Mercado do feijão: Preços seguem firmes

Publicado em 16/09/2010 16:14
1182 exibições

Feijão Carioca - 7h30- Com expressão de "consegui" e voz feliz  mais de um companheiro assinante do Só Feijão , comentou, ontem, a  venda de seu feijão nota 8,5 por  R$ 185, por exemplo. Os operadores  da Correpar sentem-se gratificados pelos e-mails de congratulações que chegam todos os dias por conta de que inúmeros produtores estabeleceram sua estratégia para este ano - desde a área a ser plantada,  a variedade e o momento de venda - com base nas análises do Só Feijão. Isto aumenta a nossa responsabilidade e compromisso com nossos parceiros. Ao mesmo tempo, agroindústrias e empacotadores também tiveram sucesso com o seu planejamento (feito baseado na reflexão sobre os efeitos dos diversos fatores que contribuem para formação de ondas de alta e de baixa, neste mercado). Ontem, em Minas, a referência oscilou entre R$ 185/190. Em Goiás e Distrito Federal entre R$ 185/195. Na bolsinha, finalmente não houve possibilidade de manipulação esta semana e hoje foram registradas cerca de 9 mil sacas com venda de 5 mil. Os preços estão firmes: R$210 para nota 9, R$200 nota 8,5, R$195 nota 8 e R$ 190 nota 7.
 
 
Leilão Conab: Com feijão nota 5,35 - 6,2 aferido pelo colorímetro a maioria dos lotes não pode ser colocado nem na segunda marca das empresas com maior zelo pela aparência do seu feijão. Porém,  são esperadas disputas em lotes de melhor aparência pois não há, no mercado, feijão abaixo de nota 8,5. As cesta básicas e cozinhas indústriais, bem como mercados de periferia, tem nesta mercadoria possibilidade interessante de ganho. Contate a Correpar agora e veja como participar 041-3259-4433. 
  
  
 
 
FEIJÃO PRETO 7h30 - Com o mercado  carioca segurando as cotações  para baixo o mercado ainda assim foi novamente firme. Esporadicamente alguns negócios saem na casa de R$ 105 CIF.
 
 

mercado atacadista

 

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor

Tags:
Fonte: Correpar

Nenhum comentário