VEM PRA RUA… OU… VAI PRA RUA…, por Valdir Edmar Fries

Publicado em 10/04/2015 02:26 e atualizado em 11/04/2015 02:53
produtor rural de Itambé (PR)

Enquanto a população se movimenta e conclama as manifestações do “VEM PRA RUA”, o governo promove abertamente o vai pra rua. Sem mais sem menos, com a crise econômica e politica instalada,  você mesmo com o resultado disso tudo, VOCÊ NÃO VEM, VOCÊ VAI LEVAR um “VAI PRA RUA”.

Vivenciamos hoje o resultado de uma politica econômica mal sucedida diante da crise de 2008/2009, quando o governo hostilizou os economistas, encarou a crise econômica mundial no Brasil como “MAROLINHA”…  Priorizou a politicagem baseada no aumento do consumo, ao invés de editar e promover medidas politicas de desenvolvimento econômico… Agora diante do desastre que provocou na economia, vimos o PT protestando contra as medidas o próprio GOVERNO PT…

De outro lado vimos uma “OPOSIÇÃO” que diante dos resultados das urnas em 2014, tem se esforçado para acompanhar as manifestações populares que surgem diante de uma eminente crise social, e da crise tirar proveito, como o próprio PT tirou proveito de todas circunstancias econômica que enfrentamos cerca de 20 anos atrás…

Vimos uma oposição tentando tirar proveito nas ruas, no entanto dentro do Congresso Nacional a grande maioria dos PARLAMENTARES se unem à grande maioria dos “governistas” para aprovar um aumento nas verbas destinadas ao FUNDO PARTIDÁRIO… (Ante os R$ 289.56 milhões gastos em 2014, os parlamentares aprovaram um montante de R$ 867.56 milhões para serem gastos neste ano de 2015), esta é a contribuição dos parlamentares com o ajuste fiscal, pré acordado com as lideranças partidárias de governo e oposição

Em meio a implementação do “ajuste fiscal”  diante da crise que desencadeia a inflação sem controle que esta gerando uma imensa crise social, podemos afirmar que a atitude tomada pelas lideranças partidárias de oposição ao firmar os “ACORDOS” e por fim os parlamentares da “oposição” votar a favor do aumento significativo dos recursos para a manutenção das estruturas partidárias, nos leva a crer que GOVERNO E OPOSIÇÃO não estão convidando ninguém para ir pra rua e sim promovendo o verdadeiro “VAI PRA RUA” …

Sem definir as diretrizes que determinem os objetivos para o “NOVO BRASIL” não existira rua que nos faça chegar ao BRASIL que imaginamos.

Abaixo imagens de reportagens de protestos de 20 anos atrás, com assuntos publicados em jornais da época, reportados pela jornalista Teresa Meneghel… destaque: aumento dos juros, atraso na liberação do crédito rural:

SAM_3618

SAM_3619

SAM_3624

É certo que retrocedemos 20 anos, discutimos hoje o que discutíamos 20 anos atrás, vivenciamos hoje o vivenciamos 20 anos atras, com uma diferença… 20 anos atrás a oposição ao governo da época soube tirar proveito das ruas sem votar “ACORDOS” … Porém tínhamos um governo que havia definido as diretrizes com objetos pré determinados para conter a inflação e promover o desenvolvimento, hoje 20 anos depois temos um governo num caminho sem rumo, e a oposição na rua sem direção.

Por Valdir Edemar Fries - Produtor rural em Itambé - Pr.

Tags:
Fonte:
NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

3 comentários

  • Luiz de Santana Junior Aracaju - SE

    Bote saco cheio..., estamos cansados de acordões dolosos ao povo..., se não fosse uns poucos da imprensa livre, estaríamos sem saber de nada, seríamos como peixe fora d'agua..., o mundo todo sabe da nossa real situação e ficam estarrecidos. A política tem de ser mudada, temos de ter uma política voltada para a valorização da competência, obras estruturantes e incentivos reais 'as empresas que possam ajudar na geração de energias alternativas, como bem fez a Alemanha em curto espaço de tempo.

    0
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    Esse artigo é uma falácia, de falsa oposição que não pode criticar o PT sem criticar o PSDB e bater no velho FHC.

    O movimento Vem pra Rua e o Movimento Brasil Livre, os principais agentes promotores das manifestações, não tem vinculo algum com partidos, basta acessar as mídias desses dois movimentos para comprovar isso.

    Digitem Kim Kataguiri, líder do movimento Brasil Livre e ouçam o que ele diz, qual a pauta do movimento! Procurem no Vem pra Rua a pauta do movimento: Fora Dilma, Fora PT, e diga Sr. Fries, qual oposição está exigindo a saída de Dilma e a extinção do PT? Nenhuma.

    Não é a oposição quem está indo prá rua, são os brasileiros, as pessoas que estão de saco cheio dessa canalha petista e seus associados.

    0
    • Valdir Edemar Fries Itambé - PR

      Caro amigo Rodrigo Polo Pires... Falsa oposição, aí não... Sou oposição a esse governo, sempre estive na oposição a este governo... Em PRIMEIRO quero esclarecer que NÃO critico o velho FHC, ao contrário, observe que destaco que na época (20 anos atrás) "tínhamos um governo que havia definido as diretrizes com objetos pré determinados para conter a inflação e promover o desenvolvimento, hoje 20 anos depois temos um governo num caminho sem rumo, e a oposição na rua sem direção"... SEGUNDO: Concordo que não é a oposição que esta indo prá rua, são os Brasileiros, sou eu é você, tanto é que deixo claro no terceiro parágrafo: "De outro lado vimos uma "OPOSIÇÃO" que diante dos resultados das urnas em 2014, tem se esforçado para acompanhar as manifestações populares que surgem diante de uma eminente crise social, e da crise tirar proveito" ... Amigo, todos sabem que inúmeros políticos estão divulgando e participando ativamente nas ruas, a imprensa noticia e eles mesmo se auto promovem, no entanto a oposição NÃO ESTA SABENDO TIRAR PROVEITO DA ATUAL CRISE ... "como o próprio PT tirou proveito de todas circunstancias econômica que enfrentamos cerca de 20 anos atrás" ...

      Todos nós sabemos que as manifestações populares é o caminho, sempre foi e sempre será através das manifestações populares que se promove mudanças... E diante da crise econômica politica e social que se assola, VOCÊ VEM PRA RUA... OU VOCÊ VAI PRA RUA!!! Problema é que "a oposição esta na rua sem direção" e, sem pauta definida, não chegaremos a lugar nenhum.... Com o simples FORA DILMA e ou FORA PT não acontece mudança, as ruas tem que ser ouvida pelo CONGRESSO NACIONAL e em meio aos protestos, temos hoje no congresso nacional com uma oposição votando "AJUSTES FISCAIS" a troco de "ACORDOS" aprovando aumento de verbas para o fundo partidário...

      E para que o amigo me entenda, reitero: "Sem definir as diretrizes que determinem os objetivos para o "NOVO BRASIL" não existira rua que nos faça chegar ao BRASIL que imaginamos.". Fica o alerta> VEM PRA RUA... OU VAI PRA RUA.

      0
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Sr. Valdir, tenho acompanhado o movimento Brasil Livre desde que surgiu e felizmente na midia já existem algumas matérias falando a respeito. Se form do seu interesse, leia essa matéria publicada no IE - Instituto Liberal - e que fala um pouco sobre as diretrizes do movimento. Reproduzo um pedaço aqui:Qual a agenda ideológica básica do MBL? "Qual o projeto? Com que Brasil os membros sonham, a que aspiram? A que o MBL quer chegar?

      Não somos simplesmente um movimento anti-PT, como a mídia faz parecer. Temos propostas para um Estado menor, mais liberal. Queremos menos impostos, menos burocracia, privatizações, desregulamentações, queremos que o brasileiro possa trabalhar sem ser escravo do Estado.

      É óbvio que o MBL não tem uma conotação partidária desde que surgiu. É sua intenção permanecer definitivamente assim: um movimento com pautas gerais, para mobilizar o povo brasileiro na luta por um Brasil mais liberal?

      Nunca vamos nos tornar braço de algum partido, mas podemos apoiar parlamentares que sigam a cartilha liberal, independentemente de seu partido".

      0
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Aqui a matéria completa: -http://www.institutoliberal.org.br/blog/movimento-brasil-livre-e-o-15-de-marco-tudo-sobre-o-ato-que-reivindica-o-impeachment-de-dilma-rousseff/

      0
    • Antonio Nascimento campo mourão - PR

      Todos nos sabemos que com o pmdb ou qualquer outras mazelas será continuísmo na certa, também que é momento de ruptura com toda essa estrutura politica que a décadas só se fortalece e o país cada vez mais anêmico, se for continuísmo deveríamos pescar do século passado Thoreau com sua desobediência civil , enfim sonegação geral pra matar essa hidra insaciável...

      0
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Thoreau é uma ótima idéia Antonio, se as autoridades e lideranças não obedecem a lei, não cumprem suas obrigações, por que motivos devemos obedecer e respeitar? E pagar por aquilo que não queremos de maneira alguma!

      0
  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    PARABÉNS !!!

    Sr. Valdir, artigos como esse enriquecem o espaço e o nosso "senso comum". São fatos expostos de uma maneira consciente e, que nos leva a enxergar de uma maneira responsável, quais medidas iremos apoiar para que...

    A VACA NÃO VÁ PARA O BREJO !!!

    0