Pesquisa comprova: Consumidores preferem empresas sustentáveis

Publicado em 21/10/2019 14:26 e atualizado em 21/10/2019 15:30
170 exibições

Com o advento da internet, principalmente das redes sociais, as pessoas passaram a ter mais acesso a informações e ter uma voz mais ativa. Estas aberturas em razão da tecnologia nos tornam mais exigentes e atualizados sobre tudo que acontece no Brasil e no mundo, bem como de novas possibilidades de pensamento.

Como consequência disto, temos nos tornado mais preocupados com as questões socioambientais, principalmente, a tudo ligado aos impactos negativos da industrialização e desmatamento. Recentemente, as queimadas na Amazônica tiveram destaque mundial e dificilmente você irá encontrar uma pessoa que não acompanhou as notícias, números e campanhas que se difundiram nas redes sociais, como o Facebook, Instagram, Twitter e WhatsApp.

Além de podermos cobrar atitudes mais fortes de nossos governantes e fiscalizamos as pessoas ao nosso redor diariamente, como consumidores nos tornamos mais rigorosos e começamos a preferir por empresas engajadas com o meio ambiente.

Em Julho de 2019, a empresa Opinion Box divulgou uma pesquisa realizada em Junho, com 2065 usuários de internet a partir de 16 anos em todos os estados e Distrito Federal. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais. Vejamos os números. Vamos citar neste artigo, apenas as questões ambientais da pesquisa.

·         33% dos entrevistados disseram que se preocupam muito com as práticas sustentáveis realizadas por uma empresa, no momento da compra do produto. Já, 53% disseram que se preocupam um pouco e apenas 9% não se preocupam com as questões ambientais no momento da escolha na compra.

·         55% dos consumidores preferem empresas reconhecidas por preservarem o meio ambiente e apenas 15% disseram que raramente ou nunca o fazem.

·         52% das pessoas disseram que um dos fatores que a impediriam de comprar produtos ou contratar a empresa seria pela mesma ser conhecida por poluir o meio ambiente.

·         42% se mostraram preocupadas em buscar informações se a empresa adota práticas conscientes com o meio ambiente ou não.

·         40% costumam consumir mais produtos naturais do que industrializado.

·         45% costumam ler frequentemente ou sempre os rótulos dos produtos que consome.

·         Os entrevistados também responderam na sequencia da pesquisa que utilizam lâmpadas econômicas em sua residência (71%).

·         71% adotam medidas para economizar água.

·         65% para economizar energia elétrica.

·         42% fazem utilização de material reciclado.

·         No transporte, 47% dão preferência sempre ou quase sempre por transporte coletivo, bicicleta ou caminhada em distâncias maiores do que 2 km.

Para traçar o perfil do consumidor sustentável, na amostra responderam pessoas do sexo masculino (51%) e feminino (49%), 23% entre 16 e 29 anos, 15% entre 25 e 29 anos, 29% entre 30 e 39 anos, 17% entre 40 e 49 anos e 16% com 50 anos ou mais. Por região, 49% no Sudeste, 28% Nordeste, 12% Sul, 6% Centro-Oeste e 5% Norte. Por classe social, 81% das classes CDE e 19% AB.

O desenvolvimento de um marketing verde na empresa, seja B2B (business-to-business) ou B2C (business-to-consumer), tem muitos benefícios para o meio ambiente, para a sociedade e para a própria empresa. Algumas práticas podem ser desenvolvidas, tais como:

·         Instalação de energia fotovoltaica para aproveitamento da luz solar;

·         Sistema de reaproveitamento de água de chuva;

·         Patrocínio e criação de eventos sustentáveis e programas ambientais;

·         Treinamentos in company para colaboradores;

·         Troca de equipamentos por novos mais econômicos;

·         Verificação do sistema hidráulico para evitar o desperdício de água;

·         Separação e tratamento de resíduos, bem como reciclagem de materiais;

·         Incentivo ao transporte coletivo, carona e utilização de bicicletas e caminhada.

O que observamos de alguns anos para cá é um crescimento rápido por consumo sustentável e justiça social, a qual a tendência é o mercado ter preferência por empresas preocupadas com o meio ambiente, pois, acreditam que estas têm responsabilidade moral sobre seus impactos socioambientais.

É importante chamar atenção para que os empreendimentos sejam coerentes com o seu propósito a partir de quando começarem a defender esta causa e torná-la parte de seu DNA, pois, é fundamental para que tenha credibilidade, seja natural e não tenha um impacto negativo na imagem junto aos seus clientes e parceiros.

Tags:
Fonte: Terra Consultoria

0 comentário