Fala Produtor - Mensagem

  • DALZIR VITORIA UBERLÂNDIA - MG 11/02/2019 09:31

    Ministra você não esta comendo bola da Jbs....acabou as balinha...não sabe se impor....não tem cacife..lhe falta postura de ministro...cai fora..senão a conta vai para os produtores...volta ser deputada e coitado dos seus eleitores se você não manda nada e não resolve porá nenhuma...barra do guarita no RS...salete em SC...pranchita no PR...campo florido em minas precisam de auxiliar para secretaria da agricultura...que sabe a senhora serve...

    Comentário referente a notícia: No Estadão: ‘Desmame de subsídios não pode ser radical', diz ministra da Agricultura

    19
    • GERALDO GENTILEIBAITI - PR

      Cacilda ....toda essa reflexão com apenas 40 dias de Governo? Quer dizer que o Setor Leiteiro não pode competir com uma tarifa de 28%? Que dizer dos produtores Argentinos e Uruguaios que importam o leite em pó da União Européia e vendem para o Brasil mediante as tarifas do Mercosul? Na verdade o Setor Leiteiro Brasileiro já vem competindo com o leite da União Européia (via Mercosul) há muitos anos e nem por isso houve "quebradeira generalizada e extinção do setor", muito pelo contrário. No mais tudo é gritaria de qualquer setor que se acha prejudicado. É normal. Mas a verdade é que a retirada das tarifas antidumping é estratégica pois seu custo político internacional tornou-se muito caro. Melhor, caso se faça necessário, é, simplesmente, aumentar as taxas de importação diretas que não agregam o citado custo político. O Governo Bolsonaro joga com as regras internacionais e não com o primarismo político/econômico do PT e de seus acólitos.

      5
    • SANDRO ROBERTO LAUTERTCONDOR - RS

      Sr. Geraldo.O Sr. fala assim, porque nunca vendeu um Litro de LEITE a $ 0,85 ctvs. Como está acontecendo na minha Região. Lástima. vendo as pequenas propriedades sendo exterminadas.

      1
    • CARLOS WILLIAM NASCIMENTOCAMPO MOURÃO - PR

      Segundo a Emater-RS, em 2017, 25.000 produtores abandonaram a atividade leiteira naquele estado. Pouca coisa né.Deixa liberar o DDG americano subsidiado e você vai ver para onde vai o preço do milho aí em Ibaiti.

      0