Dr. Rattan Lal é o eleito do World Food Prize 2020 por seu trabalho focado na saúde dos solos

Publicado em 15/10/2020 13:46 790 exibições

LOGO nalogo

A edição de 2020 do World Food Prize premiou, nesta quinta-feira (15), o Dr. Rattan Lal. Nascido na Índia e cidadão dos EUA, o pesquisador é um cientista do solo e foi agraciado com uma das mais importantes honras do setor por sua pesquisa centrada nas particularidades do solo para aumentar a produção, a produtividade, restaurar e conservar os recursos naturais, além de mitigar os efeitos das mudanças climáticas. 

"Ao longo de sua carreira de mais de cinco décadas e quatro continentes, Dr. Lal promoveu técnicas inovadoras de preservação do solo, beneficiando a subsistência de mais de 500 milhões de pequenos agricultores, melhorando a segurança alimentar e nutricional de mais de dois bilhões de pessoas e salvando centenas de milhões de hectares de ecossistemas tropicais naturais", afirma a instituição.

Dr. Rattan Lal - World Food Prize 2020

O pesquisador é reconhecido por sua intensiva e centrada pesquisa para aprimoramento da saúde do solo, transformando técnicas como as culturas de cobertura, plantio direto e agroflorestas. Assim, é considerado um dos maiores cientistas de solos do mundo. Hoje, um de seus principais estudos se dá sobre como a saúde dos solos contribui para o maior sequestro de carbono, favorecendo ainda mais o meio ambiente. 

"Essa abordagem centrada no solo é baseada na premissa de que a saúde do solo, plantas, animais, pessoas e do ambiente é única e indivisível", afirma o Dr. Lal. 

 

The World Food Prize

O World Food Prize nasceu em 1970, pelas mãos do Dr. Norman E. Borlaug, vencedor do Nobel da Paz por sua vida dedicada a trabalhos e práticas que fossem pontes para o fim da fome no mundo, por meio da união de pesquisa, tecnologia e líderes políticos em todo o globo para garantir o avanço da produção de alimentos e o acesso a comida por cada vez mais pessoas. 

Não por acaso, o World Food Prize é hoje considerado como o Nobel da alimentação e agricultura. Em 2006, o vencedor foi o brasileiro e orgulho do agronegócio, Dr. Alysson Paolinelli pela intensa e profunda transformação do Cerrado. 

E nesta semana, centenas de líderes estão virtualmente reunidos focados nos debates para soluções para que os sistemas produtivos sejam otimizados e cada vez mais sustentáveis, para que as cadeias produtivas possam alcançar resultados ainda mais expressivos e, principalmente, para que haja comida para todos. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário