Mobilização do setor arrozeiro foi sucesso no primeiro dia

Publicado em 21/06/2011 08:29 279 exibições
O presidente da Federarroz, Renato Rocha, considerou um sucesso o primeiro dia de mobilização com lideranças políticas e setoriais do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira em Porto Alegre. O encontro promovido pela Federarroz teve apoio da presidente da Assembleia Legislativa, Adão Villaverde, da equipe de trabalho do deputado estadual Frederico Antunes, da Fetag, da Farsul e do Movimento Te Mexe Arrozeiro.

O objetivo de reunir mais de 100 políticos, entre prefeitos, vices, presidentes das Câmaras de vereadores, vereadores, deputados estaduais e federais para debater a crise de comercialização do arroz foi alcançado. Entre as boas notícias, o dirigente arrozeiro destaca a informação do Coordenador da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional, deputado federal Paulo Pimenta, de que o governador Tarso Genro se reunirá nesta quarta-feira com a presidente Dilma Rouseff e as demandas da cadeia produtiva do arroz estão entre as prioridades da pauta. O setor espera a agilização do atendimento das reivindicações, principalmente relacionada a prorrogação dos vencimentos financiamentos agrícolas até 31/10 e solução para o endividamento, reforço de mecanismo que alcance prêmio direto ao produtor, fomento as exportações e escoamento das doações humanitárias.

Nesta segunda-feira, os dirigentes arrozeiros obtiveram o apoio da bancada gaúcha na Câmara Federal e no Senado, além dos deputados estaduais e prefeitos da região arrozeira. Mais de 100 pessoas foram recebidas no gabinete do presidente da Assembléia Legislativa, deputado Adão Villaverde, que assumiu o firme compromisso de reforçar a importância das medidas ao Governador e a presidente Dilma.

A Federarroz também visitou vários diretórios estaduais de partidos, e manteve encontros com parlamentares que não puderam estar na reunião da manhã, entre eles o deputado federal Henrique Fontana. Outro contato importante foi mantido com o presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Marco Maia (PT-RS), que após ouvir os pleitos se comprometeu em falar com colegas e diretamente com o Ministro da Agricultura Wagner Rossi. Já o governador Tarso Genro, acompanhado dos secretários estaduais Luiz Fernando Mainardi e Afonso Motta, o presidente do IRGA, recebeu em seu gabinete mais de 40 pessoas, entre diretores da Federarroz, Farsul, Fetag e vários prefeitos e vice-prefeitos e produtores, e após ouvir pacientemente a todos durante uma hora e meia, manifestou o apoio a mobilização e ressaltou que a pressão é fundamental no processo. Se comprometeu em levar a presidente Dilma uma pauta de curto, médio e longo prazo para combater a crise da orizicultura. Dos pleitos estaduais, pela primeira vez o Governador levantou a possibilidade de reduzir o ICMS do arroz, desde que houvesse compensação em outro produto. “O resultado do primeiro dia de trabalho foi extremamente positivo, pois houve um considerável aumento da base política a favor da Lavoura Arrozeira e dos produtores, esse apoio político é fundamental neste momento de decisões governamentais importantes, afirma Renato Rocha. A mobilização do setor continua nesta terça-feira (21/06), onde os trabalhos começam às 10h30min. com apresentação dos pleitos aos deputados estaduais.

Tags:
Fonte:
Federarroz

0 comentário