Leilão de venda de algodão será estendido por 1 mês para acalmar mercado na China

Publicado em 08/08/2016 12:56
106 exibições

Pequim, 8/8 - O leilão anual de venda de algodão da China deve se estender por um mês a mais do que o planejado, por causa de uma alta de 47% nos preços internacionais, nos últimos cinco meses, e de queixas de escassez por industriais. A China tinha acumulado um estoque de algodão grande o suficiente para produzir 10 bilhões de pares de jeans. O enorme arsenal surgiu como parte de um programa para melhorar os meios de subsistência dos produtores de algodão chineses. O governo disse nesta segunda-feira que os leilões diários, que começaram no dia 3 de maio, vão continuar até setembro, em vez do fim de agosto, e está prevendo que vai vender mais do que os 2 milhões de toneladas inicialmente previstos. A notícia de que haverá mais algodão à venda, que teria um impacto baixista, teve pouco reflexo nos preços. 

Leia a notícia na íntegra no site da Faesp com informações do Estadão Conteúdo

Tags:
Fonte: Faesp

Nenhum comentário