Corteva Agriscience fortalece atuação na cultura do algodão com ampliação de portfólio e ações com a cadeia agrícola

Publicado em 07/10/2021 15:49 130 exibições
Dia Mundial do Algodão, celebrado em 7 de outubro, reforça a importância da cultura para a economia nacional e global

A Corteva Agriscience tem fortalecido sua atuação na cultura do algodão com diversos investimentos: em pesquisa, ampliação do portfólio e uma série de iniciativas em parceria com a cadeia agrícola. O algodão é uma das principais culturas para o agronegócio brasileiro, o País é o quarto maior produtor e segundo maior exportador mundial da fibra. Na safra 2020/21, o Brasil bateu recorde de exportação com 2.4 milhões de toneladas, um aumento de 23% em relação à temporada anterior, de acordo com a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

Com o objetivo de auxiliar o cotonicultor em seus principais desafios no manejo de plantas daninhas, doenças e pragas, a Corteva oferece um portfólio para o algodão cada vez mais completo. O inseticida Exalt, composto por Jemvelva ActiveTM (Espinetoram), é referência de confiança, performance e sustentabilidade. Ele faz a diferença nas lavouras de algodão quando se trata de controlar a lagarta helicoverpa, a lagarta-do-cartucho e, agora, também tripes. Seu ingrediente ativo é de origem biológica, resultado da fermentação natural de uma bactéria, o que faz de Exalt ser premiado globalmente e reconhecido como uma das tecnologias mais inovadoras e sustentáveis do mundo pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA). Por isso, recebeu o selo Green Chemistry Award, uma grande conquista para as lavouras e gerações futuras de algodão do País.

“O Brasil vem ganhando cada vez mais destaque na cadeia de algodão, seja por produtividade, nível de tecnologia e qualidade da pluma. O algodão é um cultivo de difícil manejo que exige outro patamar de tecnologia. Estamos felizes em oferecer um portfólio robusto e eficiente para auxiliar o cotonicultor e contribuir com a produção sustentável do setor” afirma Thomas Scott, Líder de Inseticidas da Corteva Agriscience.

No último ano, a Corteva apresentou ao mercado de algodão, em parceria com a Tropical Melhoramento & Genética (TMG), a tecnologia WideStrike®3, que oferece proteção superior no controle das principais lagartas que atacam a cultura. Com as proteínas Cry1F, Cry1Ac e Vip3A das bactérias Bacillus thuringiensis, também conhecidas como Bt, a tecnologia atua em todos os tecidos da planta e por todo o ciclo da cultura, promovendo maior poder de proteção e longevidade para o algodão.

Além dela, o mais recente lançamento do portfólio de Inseticidas é o Closer. Formulado a partir da tecnologia Isoclast® active, pertence a um novo grupo químico, as sulfoxaminas, apresenta diferenciado modo de ação no controle de pulgões do algodoeiro e é uma importante ferramenta para o manejo integrado de pragas e de resistência. Para o controle de plantas daninhas, como o capim-amargoso e o milho voluntário, a companhia conta com o herbicida Verdict® Max.

Já para ajudar o cotonicultor a controlar as doenças do algodoeiro, como Ramulária (Ramularia areola) e Ramulose (Colletotrichum gossypii), a Corteva oferece o Manejo Campeão OnmiraTM, composto pelos produtos Viovan®, Aproach® Power e Vessarya®, que tem como diferencial uma formulação inovadora que elimina a adição de óleo, possui rápida absorção pela planta, o que reduz o risco de lavagem pela chuva, além de evitar fitotoxicidade para a cultura, trazendo mais comodidade, performance e seletividade.

Também Somos Algodão

Entre as ações realizadas em parceria com a cadeia agrícola, a Corteva é patrocinadora do movimento Sou de Algodão, uma iniciativa nacional e internacional para despertar a consciência coletiva em torno da moda e do consumo responsável, que promove meios de produção mais eficientes e sustentáveis para todo o ciclo de cultivo do algodão, em ações pautadas em três pilares: responsabilidade ambiental, social e econômica.

A Corteva ainda está lançando a campanha “Também Somos Algodão”, que busca reforçar a importância da cultura e a robustez de seu portfólio e do trabalho contínuo para trazer cada vez mais inovação ao segmento, ao lado de parceiros, clientes e toda uma sociedade que tornou o Brasil o maior fornecedor de algodão sustentável do mundo.

A companhia também busca levar conhecimento relevante e atualizado sobre a cultura para o setor. Recentemente o programa Agro em Foco TV Digital, idealizado pela Pioneer®, marca de sementes da Corteva Agriscience, veiculou duas reportagens que mostram todo o trajeto que o algodão percorre do plantio até a indústria. O programa que foi ao ar em 09 de setembro contou com entrevista de Júlio Cézar Busato, presidente da Abrapa, que relatou importantes dados sobre os desafios e perspectivas do mercado algodoeiro.

Para conferir os conteúdos na íntegra, acesse os links:

Programa 02/09: https://www.youtube.com/watch?v=fzLMOtRIUq4
Programa 09/09: https://www.youtube.com/watch?v=J07s3PzmXHc

Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva Agriscience é uma empresa de capital aberto que oferece aos agricultores de todo o mundo o mais completo portfólio de insumos do setor, como sementes, proteção de cultivos e soluções digitais para maximizar a produtividade e a rentabilidade dos produtores. A empresa é detentora de algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura (Pioneer®, Granular®, Brevant® Sementes e premiados produtos de Proteção de Cultivos), trabalhando ativamente no desenvolvimento e lançamento de produtos por meio de seu robusto pipeline de química ativa e tecnologias. A empresa está empenhada em trabalhar com toda a cadeia para cumprir o seu propósito de enriquecer a vida daqueles que produzem e consomem, garantindo o progresso para as próximas gerações. A Corteva Agriscience tornou-se uma empresa independente em 1º de junho de 2019. Antes dessa data, era Divisão Agrícola da holding DowDuPont. Mais informações disponíveis em www.corteva.com

Tags:
Fonte:
Corteva Agriscience

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário