Jornalista Polibio Braga divulga fotos que mostram Dilma cometendo infração no trânsito e usando carro bêbada

Publicado em 18/10/2014 16:46 e atualizado em 18/10/2014 20:06 9874 exibições
no blog de Polibio Braga, do RS

Fotos mostram Dilma cometendo infração no trânsito e usando carro bêbada
 

folha.jpeg
As baixarias utilizadas pela presidente Dilma Roussef no enfrentamento com o senador Aécio Neves acabam se voltando contra ela, como se percebeu no último debate no SBT, com ênfase para o episódio da briga dos irmãos. . O caso dos irmãos surgiu no momento em que a petista tentou uma pegadinha no caso de uma infração de trânsito cometida por Aécio no Rio, quando se negou a fazer o teste do bafômetro. Na ocasião, disse Dilma: 
- Eu não dirijo bêbada e nem drogada. 
dilma-em-roma-460x298.jpg
 
. Ela quis dizer que não comete infrações no trânsito.
. As fotos acima e ao lado desmentem a presidente. 
 . Acontece que a presidente Dilma cometeu infração gravíssima no trânsito. Levou seu neto no colo atrás no carro, quando a lei exige o uso da cadeirinha de segurança. O que ela disse:   
- Estive hoje na casa da minha filha e, de lá, levei meu neto à casa do avô, que fica no mesmo bairro. Meu neto foi abraçado comigo no banco de trás. Foi um erro. A legislação de trânsito é clara: criança tem que andar na cadeirinha. Peço desculpas pelo erro.   
Dilma não dirige mais embriagada porque tem motorista particular pago pelo governo, como se percebe na foto acima, tomada em Portugal, depois de uma noitada agitada. O editor tem fotos de outras situações anteriores. 

 

Ibope mostra que Sartori (60%) esmaga Tarso (40%) sem piedade

sartori_tarso-566687.jpg

Tarso não consegue entender o filho de dona Elsa.

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira aponta os seguintes percentuais de votos válidos na disputa ao governo do Rio Grande do Sul:
José Ivo Sartori (PMDB) - 60%
Tarso Genro (PT) - 40%
Votos totais:
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
José Ivo Sartori (PMDB) - 52%
Tarso Genro (PT) - 34%
Branco/nulo - 8%
Não sabe/não respondeu - 6% 
- No primeiro turno, Sartori teve 40,40% dos votos válidos e Tarso Genro, 32,57%.

Análise - Tarso ainda tem 40% de chance de se eleger

O governo Tarso Genro é considerado ótimo/bom por 35% dos eleitores, segundo Ibope de hoje.  O Instituto Análise, com base nas últimas 104 eleições analisadas para governador entre 1994 e 2010, apurou o seguinte sobre os que se elegeram e perderam eleições:
- 100% dos que tinham ótimo+bom maior que 46%
- 43% dos que tinham entre 42% e 46%
- 40% dos que registraram 34% a 42%
- Zero entre ótimo e bom menor que 34%
. Tarso tem 35% apenas de ótimo e bom. Isto a coloca na penúltima posição, ou seja, dos que possuem apenas 40% de chance de se eleger. 
. Apesar dos 35%, o fato é que 45% aprovam a maneira como o governador governa o Estado, contra 38% que desaprovam. Além disto, 47% dizem que confiam em Tarso, contra 40% que não confiam. A nota do seu governo é 5,5%.

Nova pesquisa Istoé/Sensus dá 13 pontos de vantagem para Aécio

votos.jpg
Aécio está 13 pontos à frente de Dilma
Pesquisa ISTOÉ/Sensus mostra o candidato tucano com 56,4% das intenções de voto e a petista com 43,6%
Votos válidos
Aécio Neves: 56,4%
Dilma Roussef: 43,6%
Diferença - 13 pontos. 
Pesquisa estimulada
Aécio, 49,7%
Dilma, 38,4%
Indecisos e brancos, 12$
. O levantamento, que ouviu 2.000 eleitores de 24 Estados, revela também a liderança de Aécio Neves quando não é apresentado ao eleitor nenhum candidato. Trata-se da chamada resposta espontânea. Nesse quesito, o tucano foi citado por 48,7% dos entrevistados e a petista, que governa o País desde janeiro de 2011, por 37,8%.
Minas
. A pesquisa Istoé/Sensus divulgada no sábado 11 já apontava esse movimento, quando revelou que Aécio estava com 52,4% das intenções de voto. Na última semana, os levantamentos que são feitos diariamente pelo comando das duas campanhas também mostraram a liderança de Aécio. É com base nessas consultas que tanto o PT como o PSDB planejam a última semana de campanha. E tudo indica que o tom será cada vez mais quente. 

Noblat diz que no debate do SBT, Aécio fez picadinho de Dilma

 

neves.jpg
CLIQUE AQUI para ouvir e ver Augusto Nunes falar sobre a crítica de Lula a Aécio, a quem acusa de falta de respeito com uma mulher, Dilma. Nunes diz que Lula exige de Aécio o mesmo respeito que ele teve com sua esposa, no caso da amante Rosemary. 

No seu blog do jornal O Globo de hoje, o jornalista Ricardo Noblat informa que Aécio Neves deixou de ser tucano.

. Entenda o que ele escreve: 
Na versão polít, tucano é uma ave que, apesar do bico grande, bica com delicadeza. É capaz de perder a vida para não perder a elegância. Foi assim, por exemplo, com Serra no primeiro debate do 2º turno contra Dilma em 2010.
De certa forma foi assim também com Aécio no debate da última terça-feira contra Dilma na Rede Bandeirantes de Televisão. Quem imaginou que ele, ontem, no debate do SBT, ofereceria a outra face para apanhar, enganou-se. 
O instinto de sobrevivência empurrou Aécio para cima de Dilma, e dessa vez foi ela que não estava preparada para enfrentar tamanha fúria.
Marqueteiros costumam dizer que o eleitor detesta troca de ataques entre candidatos. Lorota.
CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Até o Zero Hora reconhece o fracasso do modelo estatizante recriado por Tarso para a área de rodovias do RS

estradas.jpg
Neste editorial intitulado "Estradas destruídas", o jornal Zero Hora deste sábado comenta a pesquisa   da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), recém divulgada, que evidencia o descaso com as estradas gaúchas, que estão se deteriorando no governo Tarso Genro em velocidade muito superior à decisão do governo de investir na manutenção e nas melhorias. O jornal defende o retorno de investimentos privados na área, já que o modelo estatizante do governo do PT fracassou, prejudicando a população e a economia do Estado.  
. Leia mais:
. É mais um argumento irrefutável para a revisão do atual modelo de administração, e tema inadiável para o debate eleitoral que ora se desenvolve na disputa pelo governo do Estado. O levantamento mostra que as rodovias concedidas à iniciativa privada são melhores do que as administradas pelo poder público e que as piores do ranking são justamente as estaduais.
CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo. 

Governo Tarso não manteve conquistas do governo Yeda e empurrou estradas para o fundo do poço. É o que revela Relatório CNT.

estrada.jpg
Estrada gaúcha no governo Tarso. A foto é de Zero Hora.
Depois do governo Yeda, que elevou o bom estado das estradas estaduais para níveis altos, tudo por conta de investimentos mais pesados e respeito às concessões (pedágios), o governo Tarso só fez piorar o que havia, já que investiu pouco e acabou com as concessões, o que resultou no abandono das rodovias. Os dados são da CNT.
A Pesquisa CNT de Rodovias 2014, divulgada ontem pela Confederação Nacional dos Transportes, CNT, deixou claro que as estradas gaúchas pioraram dramaticamente no atual governo do PT no RS.
. Os jornais de hoje repercutiram os principais dados.
. Dos 8.295 kms de estradas asfaltadas do Estado, apenas 302 foram identificados como ótimos (3,6%).
. As piores avaliações são do ranking estadual.
. Acompanhe os índices de estradas em boas condições nos governos Yeda e Tarso:
Yeda
2007 - 38,5%
2008 - 48,9%
2009 - 58,7%
2010 (último ano) - 66%
Governo Tarso
2011 -  62%
2012 - 58,7%
2013 - 48,9%
2014 - 32,4%
. Considerando-se estradas federais e estaduais, a campeã das melhores é a freeway, vindo em seguida a BR0-116 no trecho Porto Alegre a Novo Hamburgo. As duas são federais, mas a primeira é privatizada.
CLIQUE AQUI para ler o relatório completo (Brasil e RS) da CNT. 

Mujica diz que Dilma espera eleições para decidir apoio a porto uruguaio de águas profundas que prejudicará Rio Grande

porto.jpg
Como fez em Cuba, o BNDES, a mando de Dilma, estuda financiamento de US$ 1 bilhão aos uruguaios. 
A Agência Brasil infor4mou hoje de Montevidéu que o porto de águas profundas, uma das maiores obras de infraestrutura que o governo do Uruguai planeja, depende das próximas eleições do Brasil. O porto ficará em Rocha e prejudicará diretamente Rio Grande, atraindo cargas que costumam ir paras ele. Foi o que afirmou ontem o presidente do Uruguai, José Mujica.
. As exportações uruguaias "não justificam" a construção de um porto de águas profundas, admitiu o presidente, mas o projeto "está pensado para a região", disse o presidente do Uruguai, destacando que pode ser a saída ao mar para as "milhões de cabeças de gado" do Mato Grosso ou da soja do Paraguai, desviando fretes e cargas de Santos, Paranaguá e sobretudo Rio Grande.
. Mujica disse para a Rádio El Expectador, ontem, de que modo a presidente Dilma prejudicará Rio Grande:
- Tenho a palavra da presidente do Brasil de apoiá-lo (o porto) se não eu não teria entrado nessa dança. afirmou Mujica, em entrevista exclusiva com a emissora Radio El Espectador.
. Cerca de 20 empresas internacionais mostraram interesse no projeto que, segundo estimativas oficiais, custaria entre US$ 800 milhões e US$ 1 bilhão.
Uruguai também terá
eleições presidenciais no domingo
. No dia 26 deste mês, quando ocorre o segundo turno no Brasil, também serão realizadas no Uruguai as eleições gerais, nas quais, segundo as pesquisas, o candidato da coalizão governante de esquerda Frente Ampla, o ex-presidente Tabaré Vázquez (2005-2010), deverá ser o mais votado, porém com empate técnico entre Vázquez e Luis Alberto Lacalle Pou, do Partido Nacional, o que pode levar o pleito a segundo turno.
. A construção de um porto de águas profundas no departamento (estado) de Rocha, no leste do Uruguai, perto da fronteira com o Brasil, é um dos principais projetos de infraestrutura do governo de Mujica, que já iniciou o processo de chamado aos interessados.

Dilma não trabalhou em 25 dos 30 anos de contrato com a FEE, mas está apta a pedir aposentadoria com valor integral.

fee.jpg
Em 1991, o secretário do Planejamento, Walter Nique, empossou Dilma na presidência da FEE. Ao seu lado, encoberto pelo microfone, o marido, Carlos Araújo, então deputado estadual e líder do governo Collares, o patrono da candidatura da mulher. Em 1993, Dilma foi para a secretaria de Minas e Energia. 
O que pouca gente sabe é que a presidente Dilma Roussef ainda é funcionária da Fundação de Economia e Estatística, a FEE, RS. Sua identidade funcional é 2963736, cargo técnico X-26, segundo apurou o editor.
. Ela estava em condições de pedir aposentadoria em 2010, quando disputou a presidência, mas achou mais prudente não fazer marola com o caso, porque a mídia iria investigar o caso e descobrir que ela não trabalhou ali em 25 dos 30 anos necessários para se aposentar com salário integral equivalente ao de presidente da FEE, cargo que ocupou no governo Collares.
. Foi por isto que pediu suspensão do contrato de trabalho no dia 29 de março de 2010.
. Vai pedir aposentadoria quando sair do governo e o caso não virar mais notícia. 
Tags:
Fonte:
Blog Polibio Braga (RS)

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário