Blog de Reinaldo Azevedo bate recorde de páginas visitadas. Destaque de hoje: QUEREMOS DEBATE FHC-LULA!

Publicado em 20/10/2010 19:52
722 exibições

RECORDES DESTE BLOG. OBRIGADO, LEITORES!

Manterei este texto aqui no alto por algum tempo. As atualizações seguem abaixo.

Anunciei ontem que daria uma boa notícia hoje e que ela tem a ver com vocês. Muitos leitores entenderam que eu teria números de pesquisas indicando o melhor futuro para o Brasil. Não é isso, não. Até porque, como disse ontem, ainda que eles digam algo diferente, acho que a disputa está empatada o que explica o furor dos fascistas. É claro que é um chute. Mas Corisco chutou que haveria segundo turno e acertou. Ibope, Vox Populi e Sensus erraram. O Datafolha não foi corajoso o bastante para sair da margem de erro Atenção, hein! Isso não quer dizer que eu trate meu chute como ciência. Só quer dizer que ele pode ser tão científico quanto a pesquisa deles; o fato de eles terem um método não quer dizer que seja um bom método, entenderam? Mas já me desviei.

Bem, vamos à boa notícia: no mês passado, este blog bateu um recorde de páginas visitadas: 3.179.222. Em outubro, dados os números de agora, podemos atingir a marca de 5 milhões!!! E isso é medição pra valer, feita com ferramenta submetida a verificação, sem parolagem, sem picaretagem, sem conversa mole. Só ontem, foram publicados mais de 4 mil comentários.

Estou orgulhoso, sim! Acho que isso é um reconhecimento dos leitores ao meu trabalho. E sustento que vocês podem e devem dividir comigo essa satisfação porque, em boa parte, esta página é feita por vocês. Chegamos aqui sem apelos populistas, sem tentar fazer o complicado parecer simples, sem aquela conversa mole de subir no muro para praticar outro-ladismo.

Aqui, gripe, paralisia infantil e borborigmo estertoroso não têm outro lado. Este blog tem um lado só: democracia, estado de direito, economia de mercado, liberdade de expressão e opinião, liberdade religiosa E tudo o que atenta contra esses valores leva pancada, sem direito de chiar. Sabem por quê? Porque, se essa gente chiasse, estaríamos diante de um atentado àquilo que garante a nossa existência. Exemplifico já que faço questão da clareza absoluta: João Pedro Stedile dará, algum dia, alguma entrevista a este blog? Só quando renunciar às agressões à Constituição e responder por elas. Enquanto não fizer isso, aqui ele será tratado como o outro lado das leis democráticas.

Não submeto a democracia, as liberdades individuais e a vida humana a plebiscitos ou referendos. Isso é coisa de autoritários, ainda que se queiram porta-vozes das luzes. Se é assim, são preferíveis, então, as terríveis iluminações do Apocalipse de São João Apóstolo: serei quente ou serei frio, mas jamais morno, ou serei expelido.

Sim, sou um fundamentalista! Os meus fundamentos são esses que vão acima. Se a democracia está em questão, não sou morno, ou a história me vomita. Se a liberdade de expressão está em questão, não sou morno, ou a história me vomita. Se a liberdade religiosa está em questão, não sou morno, ou a história me vomita. Nesse caso, e aqui vai uma provocação aos iluministas de si mesmos, São João Apóstolo pode ser mais sábio do que Voltaire.

É assim que chegaremos aos 5 milhões. E sem criar facilidades. Afinal, este blog existe na contramão de todas as consultorias da área, certo? Não dizem que é para fazer textos curtos? Eu os faço longuíssimos. Não dizem que é para ser bem simples porque leitor de Internet não tem tempo? Eu complico o quanto acho necessário porque não escrevo para leitores de Internet; escrevo para leitores! Até nos jornais, hoje em dia, as orações subordinadas são uma raridade porque se acredita que o leitor não é inteligente o bastante para acompanhar períodos compostos mais complexos. Pois, aqui, as subordinadas vivem em permanente festa e celebração.

Obrigado a vocês! Estamos juntos!

Por Reinaldo Azevedo

Vejam de novo:

Explico as circunstâncias: a sempre excelente Mônica Waldvogel à esquerda do vídeo, à época no SBT entrevistava Lula, depois do debate com FHC, na disputa eleitoral de 1994. O candidato tucano concedia entrevista a outros repórteres, e os dois grupos se misturaram. Reparem que é a ela que ambos falam sobre o Real: um  (adivinhem quem) antevendo o apocalipse, e o outro afirmando que o plano daria certo.

Assim que Lula deixar a Presidência, com oito anos de mandato cada um, é preciso um novo debate entre os dois, não? Aí sem o auxílio da máquina para satanizar adversários. E Mônica Waldvogel é minha candidata a medidadora. Vamos ver o que diz a história.

Por Reinaldo Azevedo

Edir Macedo, o dono da Igreja Universal do Reino de Deus e da Rede Record ele é, portanto, um concessionário de serviço público já declarou apoio à candidata do PT, Dilma Rousseff. Resolveu, em sua pagina pessoal, atacar o pastor Silas Malafaia, da Assembléia de Deus, por ter declarado apoio a José Serra, sugerindo que este teria sido movido por interesses inconfessáveis. Bem, Malafaia, concorde-se ou não com ele, é um orador muito contundente. E passa em Macedo a maior descompostura que já vi, seja no terreno propriamente religioso, seja no político-empresarial.

O dono da Universal da Record, acreditem, reproduz em sua página as acusações abjetas feitas a Mônica Serra. Esse é o jogo limpo deles. Alguém vai mobilizar o TSE e a Polícia Federal? A resposta de Malafaia segue em dois vídeos:

Na primeira parte, ele desmoraliza Edir Macedo com passagens bíblicas que condenam o aborto. Algumas frases:
A marca do falso profeta é a mentira.
Até o tolo, quando se cala, se passa por sábio. Edir Macedo perdeu uma oportunidade fenomenal de ficar calado
Você Macedo, é o único pastor do mundo que apóia o aborto.
Eu tenho pena de você porque você, teologicamente, é tão ignorante Você não conhece a Bíblia () Você está precisando ler a Bíblia

Na segunda parte, quem apanha mais é o empresário Edir Macedo:

VOCÊ FOI COMPRADO, MACEDO!
Você não pode botar a mão na Bíblia e dizer que não foi comprado porque a sua emissora recebe milhões do governo. Você foi comprado para defender Dilma. E a tua emissora é uma emissora chapa-branca, com um jornalismo tendencioso, e não é independente como as outras.

MACEDO JÁ CHAMOU LULA DE DIABO
Agora eu vou dizer quem é que muda - (ENTRA UMA VOZ EM OFF) Na eleição entre Lula e Collor, Macedo chegou a uma de suas igrejas, abriu o seu paletó e mostrou uma camiseta com a inscrição Collor e afirmou: Lula é o diabo, satanizando o PT.

VOCÊ TEM GANÂNCIA, MACEDO!
Você perdeu o fogo. Você tem ganância de poder, ganância econômica e ganância religiosa. () Você perdeu a noção do Evangelho.

A SUA TV, MACEDO, PROMOVE A PROSTITUIÇÃO; É UM LIXO MORAL
Você, Macedo, tem gasto bilhões, dízimo e ofertas do povo de Deus, que você tem injetado na sua TV para promover prostituição, adultério, homossexualismo, sensualidade, assassinato, roubo. A sua TV é um lixo moral

VOCÊ, MACEDO, PRATICA CONCORRÊNCIA DESLEAL
Você pratica uma concorrência desleal com as outras emissoras. Porque a Globo, o SBT, a Band, a RedeTV e a CNT não têm dinheiro de Igreja para se financiar

Por Reinaldo Azevedo

José Eduardo Cardozo, o ético do PT, já pediu desculpas à gráfica Pana e aos cristãos? Ainda não? E a Paulo Ogawa, acusado, na coletiva do PT, de ter sido funcionário do Ministério da Saúde, o que é mentira? Caso Dilma seja eleita, esse valente é candidato a ministro da Justiça. Também é professor de direito parece que de disciplina ligada à ética. Nem que seja por respeito a seus alunos, pergunto de novo: José Eduardo Cardozo já pediu desculpas?

Por Reinaldo Azevedo

Um tipo como o ex-jornalista Amaury Ribeiro Jr., capaz de integrar uma quadrilha organizada para quebrar sigilos fiscais afinal, foi isso o que ele fez, não? pode dizer qualquer coisa. O que me causa particular estupefação  e que esse sujeito era admitido, em certos círculos, até havia outro dia, como um representante, calculem!, do jornalismo investigativo. Recentemente, esteve numa festinha de profissionais que já ganharam o Prêmio Esso de Jornalismo como se a sua profissão, atualmente, não fosse outra.  É como se cirurgiões plásticos sérios confraternizassem com Osmany Ramos. Durante muito tempo, foi poupado pelo corporativismo. Pior do que isso: virou herói de blogs sujos, ALGUNS DELES PATROCINADOS PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL!

Este senhor negava, inicialmente, que fosse o mandante do crime.  Agora admite. Como é quem é, como conhece o mundo da bandidagem e sabe que tem se procurar se safar causando o máximo possível de estragos no terreno adversário, diz ter iniciado a sua investigação !!! para proteger o então governador Aécio Neves (MG) de um grupo de espionagem do então governador (SP) José Serra. Assim, flagrado em delito trabalhando para os petistas, procura criar um curto-circuito entre os tucanos. Afinal, ele era, ou é, um funcionário do PT.

Eis aí Quando  José Serra relacionou as quebras de sigilo à campanha de Dilma Rousseff, o PT fez um Deus-nos-acuda. Um dos que reagiram indignados foi José Eduardo Cardozo, este rapaz que desperta em mim, como posso dizer?, uma particular curiosidade científica. Ninguém consegue, como ele, o contraste perfeito entre ser petista e afetar aquele ar sério, compenetrado

Não se esqueçam de que há até uma nota do Ministério da Fazenda negando que o sigilo do genro de Serra tivesse sido quebrado. Não se esqueçam de que há uma entrevista coletiva do secretário da Receita, Otacílio Cartaxo, e do corregedor negando que as quebras de sigilo tivessem qualquer viés político. Não se esqueçam de que muita gente do jornalismo que se leva a sério tentou acusar Serra de estar maximizando a questão.

Há correspondência entre as lambanças de Amaury e a agressão de que Serra foi vítima nesta quarta-feira. Nos dois casos, estamos diante das conseqüências do rebaixamento institucional a que o PT submeteu a política brasileira. É claro que há gente lá no Planalto achando que fez tudo direitinho: Oba! Conseguimos jogar a coisa no colo do Aécio! É hora de o senador eleito falar à população de Minas, onde é líder inconteste, e do Brasil como um todo: os mesmos criminosos que tentaram atingir a candidatura de Serra recorrendo a expedientes sórdidos buscam, agora, atingi-lo na reta final da campanha eleitoral. Vale dizer: o PT continua trabalhando.

Por Reinaldo Azevedo

20/10/2010

 às 16:09

AQUI A GENTE VÊ O QUE ACONTECE QUANDO UM PETISTA ARGUMENTA

A foto abaixo, de Tasso Marcelo/AE, é de um petista explicando por que se deve votar em Dilma Rousseff, do PT. Com ela, como diria José Dirceu, seu companheiro de armas,  os adversários apanham também nas ruas.

serra-atingido

Por Reinaldo Azevedo

20/10/2010

 às 15:43

Os nazistas estão nas ruas! Serra é agredido no Rio. O chefe da facção é o presidente da República

Quando aquele grupo de fascistas foi constranger os donos da gráfica Pana que imprimia o material da Diocese de Guarulhos e que também havia trabalhado para petistas , afirmei que as tropas de assalto dos nazistas estavam nas ruas; comparei a ação do grupo aos métodos da Sturmabteilung, a SA de Ernst Röhm, do tempo em que o nazismo não havia ainda se profissionalizado. Exagero? Eu apenas submeto a uma projeção aquilo que no petismo é ainda incipiente, imaginando, a partir de dados que eles próprios me fornecem , até onde podem chegar.

Hoje, um destacamento da Sturmabteilung (SA) agrediu o tucano José Serra. Agressão física mesmo! O candidato caminhava com partidários e aliados pelo calçadão de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, quando se deparou com um grupo de militantes petistas, organizado com a finalidade exclusiva de constranger os tucanos e lhes tirar o direito constitucional de ir e vir. O pessoal da SA tentou impedir a passagem da social-democracia. Houve enfrentamento. Uma bobina de papel atingiu a cabeça de Serra, que chegou a ficar um pouco zonzo e teve de ser atendido no hospital Sorocaba. Pedras foram lançadas contra o grupo, que era acompanhado por repórter que cobriam a caminhada.

Quem é o (i)rresponsável por isso? Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da República, cuja retórica de palanque simula uma guerra. Foi ele que, ao abandonar qualquer princípio de decoro a que sua condição obriga, ao renunciar à liturgia própria do cargo para se dedicar à campanha eleitoral mais rasteira, arrastou a disputa para o confronto de rua. Com uma diferença: só os seus brutamontes agridem.

Hoje, exercendo o seu papel predileto, o de vítima, Lula anunciou que a Polícia Federal está investigando ligações de telemarketing contra Dilma. Espero que a PF não esteja, também ela, a serviço do PT. Ou Lula não vai pedir que a polícia investigue os panfletos apócrifos contra Mônica Serra encontrados no QG petista?

Recorrendo à única metáfora em que consegue se expressar com alguma clareza teórica, afirmou: O jogador que quer disputar um título mundial, ele não vai ficar rebolando dentro do campo. Ele vai jogar para marcar gol. Ele vai tirar a bola do adversário. Agora, isso tem de ser feito, mas o baixo nível que a campanha está tomando é uma coisa. Não sei o que quer dizer direito, mas o certo é que esse jogo não supõe tentar quebrar a cabeça do adversário.

A retórica do presidente sempre foi e continua a ser a de um chefe de facção. E sua tropa de choque está nas ruas obedecendo, na prática, ao comando do chefe.

Por Reinaldo Azevedo

Tags:
Fonte: Veja.com

Nenhum comentário