Conheça as medidas de aquecimento do consumo anunciadas pelo governo

Publicado em 01/12/2011 18:31 252 exibições
por Polibio Braga


Conforme o editor adiantou nesta quarta-feira, o governo editou mesmo um pacote de medidas anticíclicas destinadas a reacelerar a economia, tudo de olho nos efeitos da crise global.

. O governo está com pressa e por isto as medidas saíram numa edição extra do Diário Oficial e entraram imediatamente em vigor.

. Não estão descartadas novas medidas.

. O anúncio sai um dia depois da redução da taxa básica de juros, que caiu de 11,5% para 11%. 

. E sai a poucas semanas do Natal, visando aquecer mesmo as vendas de fim de ano e mantê-las assim daí por diante.

. A idéia de Dilma Roussef é fazer o PIB crescer 5% no ano que vem, bem acima dos 3% admitidos para este ano.

. O resultado seria notável, porque boa parte do mundo trabalhará no vermelho em 2012.

- Geladeiras, fogões e máquinas de lavar mais baratos ? O IPI sobre os produtos da linha branca, como ocorreu em 2008, caiu muito. No caso dos fogões, foi de 4% para zero. As outras reduções: geladeiras, 15% para 5%; máquinas dee lavar, 20% para 10%; tanquinhos, 10% para zero. Até palha de aço e papel sintético tiveram alíquotas cortadas, algumas até para zero.

Pão: A alíquota do IPI sobre o pão permanecerá como está, em zero por cento. O PIS e o Cofins sobre massas caiu de 9,5% para zero. 

IOF: O imposto foi reduzido para pessoas físicas (3% para 2,5% ao ano). Isto significa que empréstimos, inclusive crédito ao consumidor e consignado, financiamentos de carros e rotativos de cartões, terão seu custo reduzido. 

Casa própria: Os valores para financiamentos da casa própria no âmbito do programa "Minha casa Minha Vida", subiram de R$ 75 mil para R$ 85 m,Il. O regime especial de tributação, neste caso, caiu de 6% para 1%.


Arrecadação do ICMS do RS cresceu 5,4% reais em novembro

Cresceu 5,4% reais  (deflacionado pelo IPCA) a arrecadação do ICMS do RS no mês de novembro, alcançando R$ 1,8 bilhão de reais até esta quinta-feira, último dia do mês, mas o valor poderá sofrer pequena alteração para cima, porque nem todos os dados tinham sido lançados nos computadores do Tesouro. O crescimento nominal foi de 12,3%.

. No acumulado do ano, o crescimento foi menor, 1,8% real (pelo IPCA) ou 8,6% nominal, totalizando R$ 17,7 bilhões.

. Os resultados são muito bons e respaldam as projeções otimistas que faz a secretaria da Fazenda para a arrecadação deste ano no Estado.

Tags:
Fonte:
Blog Polibio Braga

0 comentário