Pecuaristas elaboram proposta para modificar proibição das avermectinas

Publicado em 12/06/2014 08:50 493 exibições
Documento pela Frente Parlamentar da Agropecuária na segunda-feira (16). Setor teme prejuízos com a proibição do produto

Um documento sugerindo a liberação do uso do medicamento veterinário avermectina será entregue ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller pelos representantes da pecuária brasileira. O pedido formal será elaborado na segunda-feira (16) durante o encontro da Frende Parlamentar da Agropecuária (FPA).

Em reunião realizada nesta quinta-feira (11), o ministro pediu que o setor sugerisse alternativas para a medida que cancela o uso do produto no país. De acordo com o diretor da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Francisco de Sales Manzi, o setor entende que a proibição veio para atender o mercado internacional, que rejeita a presença do medicamento na carne comercializada.

Leia a notícia na íntegra no site do G1 MT.

Tags:
Fonte:
G1 MT

0 comentário