Volume exportado de carne bovina in natura desacelera na primeira semana de março

Publicado em 09/03/2020 17:09 173 exibições
Os dados divulgados devem ter alteração ao longo das próximas semanas.

LOGO nalogo

Nesta segunda-feira (09), a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços (SECEX) divulgou os dados das exportações nos primeiros cinco dias úteis de março em que o volume total embarcado de carne bovina in natura foi de 28,4 mil toneladas.

A média diária embarcada de carne bovina in natura foi de 5,7 mil toneladas, ou seja, uma queda de 7,4% frente ao observado em fevereiro. Na comparação anual, o volume embarcado de carne registrou uma queda de 8,8% em que a média diária ficou em 6,2 mil frente ao mês de fevereiro de 2019.

A Radar Investimentos destacou que os últimos dados das exportações de carne bovina mostram estabilidade das exportações em relação a fev/20, caso o ritmo da primeira semana de mar/20 fosse mantido.” A semana teve início com forte volatilidade e as projeções de volume devem ter alteração ao longo das próximas semanas”, ressaltou.

Exportações de carne bovina - Radar Investimentos

O valor negociado ficou ao redor de US$ 127,60 milhões, porém esse valor na média por dias úteis está próximo de US$ 25,5 milhões. O valor negociado do produto em neste mês registrou uma queda de 7,00% frente ao mês anterior em que o valor comercializado foi de US$ 494,2 milhões e com uma média diária negociada em US$ 27,5 milhões.

 Os preços médios ficaram próximos de US$ 4.487,80 por tonelada, um aumento de 0,4% se comparado ao mês de fevereiro que registrou um preço de US$ 4.469,20 por tonelada. Os valores atuais tiveram um ganho anual de 20,7% frente ao mesmo período do ano anterior que registrou um valor médio de US$ 3.719,40 por tonelada.

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário