Preços da reposição registraram um aumento de 11,11% no Mato Grosso, aponta IMEA

Publicado em 19/05/2020 11:40 472 exibições

LOGO nalogo

De acordo com o boletim do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), o preço do bezerro de ano teve um ganho de 11,11% frente ao observado no começo do ano, na qual o valor de R$ 1.741,80/cab na segunda semana de maio. Já o garrote registrou um aumento de 7,20% no mesmo período, atingindo o valor de R$2.046,04/cab

Já no comparativo anual verifica-se uma valorização de 27,47% para o bezerro 12 meses e 28,31% para o garrote. Mesmo com a aproximação da seca, esta conjuntura é uma das principais preocupações para o confinamento em 2020, o que pode afetar a oferta de animais no 2º semestre, conforme apontou o Instituto.

A valorização das referências dos animais mais jovens pode estar atrelado ao aumento do abate de fêmeas em anos passados e, consequentemente, menor oferta de bezerros, o que, inclusive, vem gerando uma diminuição na relação de troca do produtor.

 Por outro lado, os preços para o boi gordo e da vaca gorda registraram recuo de  0,24% e 0,09% em função do aumento da oferta de animais com a aproximação da seca. “A maior disponibilidade de animais fez com que a média das escalas de abate aumentasse em 0,72 dia ante a semana passada, chegando próximo de 6,63 dias”, informou o IMEA.

Com um leve aumento no preço médio do bezerro de ano e movimento contrário na arroba do boi gordo, a relação troca boi/bezerro apresentou um decréscimo de 1,31% no comparativo semanal, fechando em 1,67 cab/cab.

Para conferir o relatório completo, clique AQUI.

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário