Boi Gordo: Minas Gerais, mercado de reposição em alta, diz Scot

Publicado em 16/07/2020 07:58 e atualizado em 16/07/2020 08:45 251 exibições

A oferta limitada de animais para reposição no estado fez com que os preços subissem 25,3% desde o início do ano, na média para todas as categorias monitoradas pela Scot Consultoria.

Já o boi gordo, nesse mesmo intervalo, valorizou 13,5%, piorando a relação de troca em 8,8%, considerando a média de todas as categorias.

No período analisado, a alta mais significativa ficou para o bezerro de ano anelorado, que teve valorização de 33,3%, e atualmente está cotado em R$2,2 mil.

Dentre todas as categorias, a melhor relação de troca ficou para o boi magro, com o qual o poder de compra do invernista aumentou 3,2% na mesma comparação. Em janeiro/20, com a venda de um boi gordo de [email protected] comprava-se 1,45 boi magro, atualmente compra-se 1,50.

Para o curto e médio prazos, a oferta restrita de animais na maior parte do estado deve continuar ditando rumo do mercado.

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário