Oferta restrita de animais segue ditando a cotação da arroba no MT, veja os novos patamares de preços

Publicado em 04/08/2020 12:23 734 exibições

LOGO nalogo

A oferta restrita de animais no estado do Mato Grosso segue pressionando os preços do boi gordo e da vaca gorda que tiveram uma valorização no comparativo semanal de 1,22% e 2,01%, respectivamente. No entanto, os preços do bezerro também registraram aumento 1,00% durante a semana e a média ficou em R$ 1.846,31/cab.

As cotações do boi e da vaca gorda no estado finalizam julho em valorização, tendo em vista que a arroba do macho a prazo registrou variação acumulada de 3,40%, enquanto para a fêmea foi de 4,46%, finalizando nas médias de R$ 193,32/@ e R$ 182,13/@, conforme o divulgou o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária.

Ao analisar o movimento em relação ao mesmo período do ano anterior (em termos nominais), os aumentos são ainda mais expressivos: o boi gordo subiu 36,78% e a vaca gorda, 37,61%. “A menor disponibilidade de animais, intensificada pela retenção de fêmeas, e exportações aquecidas nos últimos meses são os fatores que vêm ditando esse ritmo do mercado”, destacou o IMEA.

O Instituto ressaltou que as indústrias estão com dificuldade em preencher as programações de abate e refletiu em uma redução semanal das escalas. O decréscimo foi de 0,37 dia, ficando abaixo dos 6,50 dias.

O estado do Mato Grosso exportou 220,18 mil Toneladas em Equivalente Carcaça (TEC) de janeiro a junho, o que corresponde a 35,16 mil TEC a mais que nos seis meses de 2019. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou a segunda estimativa (julho) das exportações mundiais de carne bovina em 2020. Os novos dados demonstram que neste ano o Brasil poderá exportar 2,55 milhões de toneladas, 50,00 mil toneladas a mais que na primeira divulgação.

Confira o relatório completo AQUI

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário