Com a demanda chinesa aquecida, arroba do boi registra aumento de 44,92% no Mato Grosso do Sul

Publicado em 04/08/2020 17:01 541 exibições

LOGO nalogo

A participação da China no mercado sul-mato-grossense estimulou novas referências de preços médias para a arroba do boi gordo durante o mês de julho. A cotação do boi gordo registrou um aumento de 44,92% e 46,93% de alta na arroba da vaca, quando comparado ao igual período de 2019.

Ao final de julho a cotação da arroba no estado registrou valor médio de R$ 210,07 na arroba do boi gordo e de R$ 196,30 na arroba da vaca. Ambos mais valorizados que o dia 01/07, alta de 3,23% na arroba do boi e a arroba da vaca 3,42% superior.

Gráfico elaborado pela a Famasul com o desepenho dos preços nos anos de 2019 e 2020. 

evolução da arroba do boi gordo no Mato Grosso do Sul - Famasul

Conforme divulgado pelo o aplicativo da Agrobrazil, nas regiões de Sonora e Coxim o boi com padrão exportação foi negociado a R$ 224,00/@, à prazo com trinta dias para pagar e com data para abater em 12 de agosto. No município de Iguatemi/MS, o valor negociado para o boi com cota Hilton foi de R$ 222,00/@, à prazo com trinta dias para pagar e com data para o abate em 11 de agosto.

De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul),  a demanda chinesa também contribuiu na concorrência por animais precoces e com acabamento de carcaça específico fato que contribui para a melhor precificação da arroba. “A oferta restrita de animais e a demanda externa aquecida são o suporte consistente para o comportamento de alta”, destacou o instituto.

De acordo com as informações do Governo do Mato Grosso do Sul, a maioria dos estados seguem com estabelecimentos fechados para evitar a disseminação do avanço da doença. Diante desse cenário, a demanda interna por carne bovina não se consolidou ao longo de julho e tem registrado retrocessos acompanhando as decisões adotadas sobre as flexibilizações na economia.

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Noticias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário