Nova Zelândia: navio com 5.800 bovinos afunda por mau tempo; país interrompe embarque de gado vivo

Publicado em 04/09/2020 10:48 1297 exibições

LOGO estadao

A Nova Zelândia informou que suspendeu os embarques de gado vivo provisoriamente, após um navio com cerca de 5.800 animais ter afundado a caminho da China, em virtude do mau tempo. Segundo comunicado do país, dezenas de marinheiros estão desaparecidos e muitos animais foram encontrados mortos no mar. O navio cargueiro Gulf Livestock 1 saiu de Napier, na costa leste da Ilha Norte do país. A guarda costeira do Japão afirmou que recebeu um sinal de socorro do navio, às 1h44 da manhã de quarta-feira (2), vindo do Mar da China Oriental, quando um tufão passou pela área.

Um porta-voz do Ministério de Indústrias Primárias da Nova Zelândia disse hoje que o país está suspendendo temporariamente novos pedidos de exportação de gado, enquanto tenta entender o que aconteceu durante a jornada do Gulf Livestock 1. O navio desaparecido pertencia à Gulf Navigation Holding PJSC, uma empresa de navegação com sede em Dubai. "Nossos corações estão com os que estão a bordo e suas famílias neste momento. Também expressamos profundo pesar pela triste perda do gado a bordo", disse em um comunicado. "Rezamos para que haja outros sobreviventes."

Até o momento, dentre as 43 pessoas a bordo, duas foram encontradas com vida. Os milhares de animais com destino à China eram vacas leiteiras, já que a Nova Zelândia havia proibido a exportação de gado para abate. A China tem importado vacas nos últimos anos para expandir a produção de leite do país. Fonte: Dow Jones Newswires

Tags:
Fonte:
Estadão Conteúdo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário