Intenção de confinamento registra um aumento de 10,74% no MT, aponta IMEA

Publicado em 12/11/2020 10:50 138 exibições
O volume de animais confinados deve ser 13,87% menor em relação aos dados consolidados de 2019

LOGO nalogo

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou o último levantamento das intenções de confinamento em 2020, na qual projeta um aumento de 10,74% superior a 2ª intenção, mas ainda 13,87% menor em relação aos dados consolidados de 2019. A estimativa de animais confinados neste ano está em 709,93 mil cabeças, sendo que as preocupações citadas pelos entrevistados são as altas dos insumos e dos animais de reposição.

Os pecuaristas que participaram do estudo também informaram que outros fatores impactaram no confinamento, como a menor disponibilidade de animais, baixa lucratividade, arroba do boi gordo, outros fatores como a instabilidade acerca do coronavírus. “Para se ter uma ideia, a média do custo diário por cabeça foi de R$ 9,27/cab./dia, valor 45,98% superior ao que foi registrado em 2019”, apontou.

O aumento no volume de animais em relação a segunda intenção de confinamento pode estar atrelada a valorização da arroba nos últimos meses, sendo que neste levantamento apenas 6% dos entrevistados ficou preocupado com a movimentação destas cotações. “O mercado futuro, por sua vez, ainda traz otimismo, tanto que a alta ainda permanece para os contratos de novembro e dezembro, contudo com menor quantidade de entregas de bovinos”, destacou.

Da amostra de 161 produtores, 74,53% participaram da pesquisa. Destes entrevistados, verificou-se que 66,67% confinaram em 2020, 31,67% não confinaram e 1,67% ainda permaneceram sem previsão, conforme apontou o instituto.

Confira o relatório completo AQUI.

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário