Falta de pasto provoca morte de gado em Mato Grosso do Sul

Publicado em 16/09/2011 08:09 626 exibições
A falta de pasto está causando problemas para criadores de gado da região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul. Os animais, transferidos para regiões mais altas por causa da cheia dos rios, não têm mais o que comer.

A última chuva em Corumbá foi há uma semana, mas com volume de água insuficiente para melhorar a qualidade do pasto nas regiões mais altas do Pantanal.

A estiagem ainda causa prejuízos. Há três meses, o criador José Ernesto Froehner teve de retirar o rebanho de uma propriedade inundada pela grande cheia deste ano. Agora, com a seca, quase não há mais pasto e o produtor já perdeu mais de 180 animais.

O gado, quase sem pasto disponível, acaba procurando qualquer planta com folhas verdes para se alimentar. Em muitos casos, os animais comem ervas que podem causar intoxicação, que provoca perda de força e morte. “O fazendeiro pode retirar os animais das áreas onde ocorrem as intoxicações e levá-los para outra área”, orienta José Aníbal Comastre Filho, agrônomo da Embrapa.

A indicação do especialista para minimizar o problema é investir na suplementação. O sal mineral proteinado estimula o rebanho a comer o capim seco que está no campo. Assim, os animais se mantêm mais fortes.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário