Valor Bruto da Produção do Café em Minas Gerais deve somar R$ 9,5 bilhões

Publicado em 18/12/2014 13:19 69 exibições

O Valor Bruto da Produção (VBP) cafeeira  de Minas Gerais deve alcançar R$ 9,5 bilhões em 2014, segundo estimativa do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com base em levantamento realizado no mês de novembro. De acordo com a Superintendência de Política e Economia Agrícola (Spea) da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a cifra é 16% superior à registrada em 2013.

O VBP é o resultado da multiplicação do volume estimado da produção pela cotação média do produto. Conforme o levantamento, os dados totais das lavouras mineiras somam R$ 28,1 bilhões, praticamente o mesmo valor registrado no ano passado. Para o Brasil, o VBP estimado das lavouras em 2014 deve ficar em R$ 290,3 bilhões, retração de 1,6%.      

Destaque do Estado

Principal produto de exportações do agronegócio mineiro e segundo colocado nas vendas externas totais do Estado, depois do minério de ferro, o café tem sido beneficiado por altas cotações como consequência da redução da oferta ocasionada pela seca nas lavouras. O tomate também apresenta bom desempenho, com o valor bruto de R$ 2,2 bilhões, crescimento de 21,5%. Para o algodão, a previsão é de um aumento de 11,1% até alcançar o valor de R$ 193 milhões. Já o trigo mostra variação positiva de 36,1%, com o VBP estimado de R$ 130 milhões.

No quadro do VBP dos principais produtos pecuários de Minas Gerais, o leite comparece com a cifra estimada de R$ 7,2 bilhões, aumento de 12,2% em relação ao valor de 2013. Os bovinos respondem por R$ 4,5 bilhões, variação positiva de 2,7%, e ovos devem alcançar R$ 884 milhões, valor 8% superior ao obtido no ano passado. As atividades totais da pecuária mineira somam R$ 16,4 bilhões, uma progressão de 2,3%. Nos dados do Brasil, os principais produtos pecuários mostram VBP de  R$ 171,4 bilhões, cifra 10,3% superior em à registrada em 2013.

Tags:
Fonte:
SEAPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário