Café: Forte queda externa pressiona valor do arábica no Brasil

Publicado em 25/08/2016 11:05
192 exibições

Após quatro dias consecutivos de altas no mercado interno, o movimento de realização de lucros na Bolsa de Nova York (ICE Futures) pressionou os futuros de arábica e, consequentemente, os preços da variedade no Brasil. Nessa quarta-feira, 24, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 471,89/sc de 60 kg, forte queda de 3,23% em relação à terça-feira, mas avanço de 0,7% nos últimos sete dias.

Segundo pesquisadores do Cepea, essa oscilação das cotações afastou produtores e compradores do mercado. Já quanto ao robusta, após a finalização da colheita da safra 2016/17, a quebra considerável na produção está praticamente confirmada e, com isso, produtores também estão retraídos.

Apesar dos preços atrativos, vendedores só negociam lotes com pequenos volumes. De 17 a 24 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6, peneira 13 acima, a retirar no Espírito Santo manteve-se estável, a R$ 422,99/saca de 60 kg nessa quarta, 24.

Fonte: Cepea

Nenhum comentário