Café: Após levantamento da Conab, indústria vê possibilidade de importação de conilon ser liberada

Publicado em 12/01/2017 10:48 e atualizado em 13/01/2017 11:02
574 exibições

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) divulgou ontem (11) uma prévia sobre o levantamento feito dos estoques brasileiros de café conilon (robusta) nos estados do Espírito Santo, Rondônia e Sul da Bahia. Segundo a instituição, o volume em armazéns do grão varia entre 1,5 milhão a 1,7 milhão de sacas de 60 kg. Segundo a ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café), os dados divulgados confirmam a situação dramática no Brasil e a necessidade de importação do grão o quanto antes uma vez que a produção neste ano deve ser mais baixa por conta da bienalidade.

"Esses números mostram a baixa disponibilidade de café conilon no país. Esse volume não garante suprimento para manter o trabalho da indústria, que consome mensalmente 1,2 milhões de sacas", afirma o diretor executivo da ABIC, Nathan Herszkowicz. Ele pondera ainda que esse dado verificado pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) pode ser ainda mais baixo uma vez que não leva em conta os cafés já vendidos nas cooperativas, comerciantes e indústria.

O levantamento realizado pela Conab é preliminar, cerca de 70% dos armazéns foram visitados, e foi feito a pedido do ministro da agricultura, Blairo Maggi, antes de qualquer decisão sobre a importação da variedade. Na sexta-feira (13), a companhia deverá ter os números totalmente fechados do país, indicando a situação do abastecimento, para nortear medidas a serem adotadas.

O secretário de agricultura, Neri Geller, prevê que a disponibilidade do produto poderá chegar a 1,8 milhão de sacas. Na próxima terça-feira, a partir das 16h, o secretário, os técnicos do ministério e da Conab e representantes dos produtores e da indústria, deverão discutir novamente a situação do abastecimento do produto. Após isto, o ministro Blairo Maggi vai tomar a decisão quanto à realização ou não de importações do café robusta.

Representantes da indústria pleitearam a importação de 200 mil sacas mensais, no período compreendido entre janeiro e maio, volume que seria isento da tarifa de importação. Acima disso, seria aplicada a Tarifa Externa Comum (TEC) de 35%. Os cafés poderiam ser importados de países como o Vietnã e Indonésia. O diretor do Sindicato Nacional da Indústria do Café Solúvel, Agnaldo de Lima, reforça o pedido de importação. "Se o Brasil não cumprir as cotas de exportação, compradores internacionais buscarão outros fornecedores de solúvel", disse.

O setor produtivo afirma que existe sim café disponível no país e que as indústrias não precisariam fazer a importação. "Somos reticentes quanto à importação do café verde em regime de drawback – voltado ao beneficiamento e posterior exportação – e aos impactos que a operação poderá ocasionar aos produtores brasileiros. Nosso intuito, nesse cenário de debates, é evitar medidas surpreendentes e tomadas à revelia do consenso do setor privado", disse o CNC em informativo.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Euclides de Oliveira Pinto Neto Duque de Caxias - RJ

    Este "levantamento" da CONAB foi contestado por um Deputado Federal do ES, que informou - os estoques disponíveis são superiores a 4 milhões de sacas. Provavelmente, devem estar "forçando" números reduzidos, com a finalidade de entupir o mercado com o produto, o que causará uma baixa nos preços... "alguém" vai lucrar muito com isto... típico do "mercado"... divulgam falsas notícias para prejudicar o produtor... com preços baixos, os lucros dos intermediários é maior, uma vez que o consumidor paga o mesmo preço (ou mais) pelo produto... comportamento canalha, praticado pelas multinacionais que "atuam" na área...

    Estes intermediários estão promovendo a "importação" do produto, com preços aviltados... depois, promovem a "exportação" com preços subfaturados... talvez até apresentem prejuizos no balanço financeiro... que pena... será que o governo não poderia subsidiar este prejuizo para eles ???

    1
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Finalmente os comunistas estão mostrando a cara. E como sempre utilizando a arma mais usada pela militância, a mentira. Descaradamente, mente que a Conab está aparelhada por atravessadores, e que um órgão público age deliberadamente contra o produtor. É mentira, Blairo Maggi segue rigorosamente a politica agricola que vem do governo anterior, Blairo é apenas mais moderado que Kátia Abreu na puxação de saco, isso quer dizer apenas que ele não puxa publicamente, mas em privado é obediente como um cordeiro. Se há uma conspiração contra o produtor ela é feita pelo próprio governo, que permite a politica da Conab, e em favor de empresas para estatais, que são as financiadas a juros subisidiados do BNDES e não dos pobres atravessadores, esses trabalhadores que se ocupam de ir atrás do café, do milho,... é são poucos os produtos onde a iniciativa privada pode atuar, e organizar os embarques e a distribuição dos produtos em outros estados, quem faria isso de graça? Se ganham muito é por que movimentam muito produto, e ainda bem.

      4
    • LIONES SEVEROPORTO ALEGRE - RS

      Você deveria classificar melhor seus estereótipos quando menciona nosso competente Ministro da Agricultura Sr. Blairo Maggi, uma das poucas lideranças positivas deste pais e nossa melhor aposta para ser o próximo presidente do Brasil. Seria o mesmo dizer que você vive enclausurado pela síndrome do pânico, que em se tratando se libertaria dessas teorias da conspiração. Você esta envenenando nossos jovens leitores com suas ilações maquiavélicas. Homens não falam de pessoas, mas de ideias e projetos.

      14
    • EUCLIDES DE OLIVEIRA PINTO NETODUQUE DE CAXIAS - RJ

      Teoria da conspiração ? Vai ver se aprende um pouco mais... leia bastante... procure se informar através de fontes alternativas, analise, tire conclusões... acorda...

      6
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      MAS EUCLIDES ONDE ESTAO AS TUAS INFORMAÇOES VERIDICAS MOSTRANDO QUE OS DADOS DA CONAB ESTAO FURADOS?----NOS LEITORES NAO ESTAMOS AQUI PARA ACEITAR SUPOSIÇOES------MOSTRE ALGUM LEVANTAMENTO SERIO QUE POSSA CONTESTAR OS NUMEROS DA CONAB--- A IMPORTAÇAO QUE NAO ACONTECEU E' UMA JOGADA COMERCIAL DE PESSOA EXPERTA QUE QUER AUMENTAR O PREÇO COMO ALIAS ESTA' ACONTECENDO---

      0