Café: Comercialização da safra 17/18 está atrasada em relação à temporada anterior mesmo com colheita avançada

Publicado em 10/08/2017 14:47
517 exibições

LOGO nalogo

A comercialização da safra 2017/18 (julho/junho) de café do Brasil chegou a 34%, segundo estimativa da consultoria Safras & Mercado, mas está levemente atrasada em relação ao mesmo período do ano anterior ainda que a colheita esteja avançada no país. Mais de 85% da produção total prevista havia sido colhida até o dia 8 de agosto.

Levando em conta os dados divulgados nesta quinta da Safras, já foram comercializadas 17,13 milhões de sacas de 60 kg. No ano passado, as vendas da safra 2016/17 de café estavam em 37%. A comercialização nesta temporada, no entanto, está à frente da média dos últimos 5 anos, que é de 32%.

A Safras & Mercado estima a produção do Brasil nesta safra em 51,1 milhões de sacas e aponta que a colheita até o dia 8 de agosto estava em 86% do total, ou 43,92 milhões de sacas. Na semana anterior os trabalhos estavam em 80%. A colheita do arábica, especificamente, andou 8 pontos percentuais e a de conilon chega à reta final com 99% da safra.

O analista da Safras & Mercado, Gil Carlos Barabach, afirma que o clima seco favorece o avanço dos trabalhos, mas há temores com a produção. "Segue a preocupação dos produtores de arábica com a safra miúda e o percentual de broca em algumas regiões. As informações ainda estão um pouco desencontradas, mas as primeiras ideias dão conta de um potencial ajuste para baixo na safra no Sul e Cerrado de Minas, principalmente, tomando como base as projeções do começo da safra, que já contemplavam uma baixa por bienalidade", afirma.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Reuters

Nenhum comentário