Café: Bolsa de Nova York opera com altas técnicas na tarde desta 3ª

Publicado em 05/11/2019 12:18
212 exibições

LOGO nalogo

No início da tarde desta terça-feira (5) o mercado futuro do café arábica registrava alta de até 35 pontos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 12h13 (horário de Brasília) o contrato com vencimento em dezembro/19 tinha elevação de 35 pontos, sendo negociado a 105 cents/lbp. O março/20 também tinha alta de 35 pontos e era cotado a 107,60  cents/lbp, maio/20 registrava aumento de 30 pontos, com cotação de 109,80  cents/lbp e julho/20 registrava elevação de 35 pontos, sendo negociado a 111,90  cents/lbp. 

Na segunda-feira (4), o site internacional Barchart destacou a queda de 0,50% do real ante o dólar. "O real caiu -0,50% em relação ao dólar na segunda-feira, o que provocou uma longa pressão de liquidação nos futuros do café. Um real mais fraco incentiva a venda de exportação pelos produtores de café do Brasil, afirmou. 

Às 12h16 (horário de Brasília) o dólar registrava queda de 0,11% e era cotado a R$ 4,008 na venda. O dólar mais baixo tende a desencorajar as exportações do café brasileiro. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo. 

Na segunda-feira (4) o Brasil acompanhou o exterior e registrou pequenas variações. 

O tipo 6 duro teve a maior variação registrada em Espírito Santo do Pinhal/SP, com elevação de 2,33% e sendo cotado a R$ 440,00. Apesar de manter a estabilidade, o maior valor de negociação foi registrado em Guaxupé/MG, por R$ 445,00. Em Poços de Caldas/MG a alta foi de 0,47% e negociação finalizada por R$ 432,00. 

>>> Veja mais cotações aqui

Por: Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário