Mercado do café encerra sessão em alta; tendência é que preços continuem expressivos em NY

Publicado em 12/12/2019 16:24
962 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica encerrou mais uma sessão de altas na Bolsa de Nova York (ICE Future US) e os principais contratos registraram altas de até 205 pontos. Há duas semanas o mercado vem registrando altas expressivas e produtor tem aproveitado o momento para fechar bons negócios. 

Dezembro/19 subiu 205 pontos, cotado a 135,90 cents/lbp, março/20 subiu 205 pontos, cotado a 137,25 cents/lbp, maio/20 subiu 205 pontos, cotado a 139,40 cents/lbp e julho/20 registrou alta de 200 pontos, encerrando as negociações por 141,15 cents/lbp. 

Para o analista Haroldo Bonfá, da Pharos Consultoria, as altas no mercado futuro são reflexos da falta de café de qualidade no mercado. Segundo o analista, neste mês o café certificado teve uma quebra de 30 mil sacas, menor número desde julho de 2018. "Na falta de café de qualidade, o pessoal está usando o arábica nas negociações", afirmou. 

A tendência é de que o mercado encerre 2019 em alta, afirma o analista reforçando a volatidade do setor que faz com que os preços do café mudem rapidamente. Segundo o analista, o mercado só voltaria aos patamares anteriores caso uma notícia confiável sobre uma super safra ou problemas climáticas voltassem a sondar o mercado. 

"O café arábica também tem suporte nos dados de terça-feira da Associação Nacional do Café da Guatemala, mostrando que as exportações de café da Guatemala em novembro caíram -19,2% a / a para 49.910 sacas", destacou o site internacional Barchart em sua análise diária. 

Veja a entrevista completa: Falta de café de qualidade é reflexo para altas expressivas no mercado futuro do arábica

No Brasil, o mercado interno também tem registrado altas, acompanhando o exterior.

O tipo 6 duro teve alta de 2,76% em Guaxupé/MG estabelecendo os preços por R$ 580,80. Em Poços de Caldas/MG a alta foi de 1,30%, por R$ 547,00. Em Patrocínio/MG o aumento foi de 0,88%, estabelecendo o preço em R$ 570,00. Franca/SP manteve a estabilidade por R$ 565,00. 

O tipo 4/5 registrou alta apenas em Poços de Caldas/MG, com variação de 1,27%, estabelecendo os preços por R$ 557,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 555,00. Franca/SP também manteve a estabilidade por R$ 575,00. 

O tipo cereja descascado também registrou alta nas principais praças produtoras do paúis. Em Guaxupé/MG teve alta de 2,49%, por R$ 618,60. Poços de Caldas/MG registrou alta de 1,10%, por R$ 642,00 e Patrocínio/MG registrou aumento de 0,83%, estabelecendo o preço em R$ 605,00. 

Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário