Café finaliza pregão com altas e com mercado de olho nas previsões de geadas para esta madrugada

Publicado em 26/05/2020 16:55 e atualizado em 27/05/2020 06:08 562 exibições

LOGO nalogo

A terça-feira (26) finalizou com altas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado futuro voltou a registrar altas em um dia de queda para o dólar ante ao real e também em um momento que todo o mercado acompanha as condições climáticas no sul de Minas Gerais. 

Julho/20 teve alta de 150 pontos, valendo 105,10 cents/lbp, setembro/20 registrou valorização de 145 pontos, valendo 106,65 cents/lbp, dezembro/20 tinha alta de 140 pontos, negociado por 108,75 cents/lbp e março/21 subiu 145 pontos, negociado por 110,85 cents/lbp. 

"Os preços do café também subiram na terça-feira sob o risco de geada no Brasil, depois que a Somar Meteorologia disse que Minas Gerais, a maior região produtora de café arábica do Brasil, pode enfrentar uma "geada fraca" na quarta-feira devido às temperaturas abaixo do normal previstas para a região", destacou o site internacional Barchart em sua análise diária. 

As previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também apontam que uma massa de ar frio ganha força na próxima madrugada, podendo ser registradas geadas na maior região produtora do país. 

O dólar finalizou o pregão desta terça-feira (26) com baixa de 1,80% e cotado por R$ 5,36 na venda. O dólar mais baixo tende a dar suporte as movimentações de alta na Bolsa de Nova York. Apesar da baixa do dia, analistas apontam que os valores continuam positivo para exportação de café. 

Já o mercado físico brasileiro teve um dia sem grandes movimentações nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 duro manteve a estabilidade em Guaxupé/MG, valendo R$ 567,00. Poços de Caldas/MG teve baixa de 0,88, negociado por R$ 565,00. Varginha/MG teve alta de 0,86%, negociado por R$ 585,00, Campos Gerais/MG manteve a estabilidade por R$ 561,00. Em Franca/SP a queda foi mais expressiva, de 3,39% e negociado por R$ 570,00.

O tipo 4/5 teve baixa de 3,33% em Franca/SP, com valores estabelecidos por R$ 580,00. Poços de Caldas/MG teve baixa de 0,86%, valendo R$ 575,00 e Varginha/MG registrou alta de 0,85%, negociado por R$ 590,00.

O tipo cereja descascado manteve a estabilidade por R$ 625,00. Poços de Caldas/MG teve queda de 0,78%, valendo R$ 635,00. Patrocínio/MG registrou queda de 0,81%, negociado por R$ 615,00. Varginha/MG registrou alta de 0,79%, valendo R$ 635,00. Campos Gerais/MG manteve a estabilidade por R$ 620,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário