Café: USDA aponta safra recorde de 67,9 milhões de sacas para 2020/21

Publicado em 28/05/2020 12:07 e atualizado em 28/05/2020 22:04 1665 exibições

LOGO nalogo

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira (28) apontou nesta quinta-feira (28) que a safra de café brasileiro 2020/21 deve atingir o recorde de 67,9 milhões de sacas de 60 kg, indicando assim um aumento de 15% em relação à produção do ano passado. O USDA traz ainda que a boa produção se deve principalmente às boas condições climáticas nas principais regiões produtoras do Brasil, destacando ainda o ano de bienalidade alta de produção. 

Para o tipo arábica, o relatório aponta que a produção deverá ficar em torno de 47,8 milhões de sacas de 60kg, com elevação de 17% em comparação com a temporada anteior. A colheita no Brasil começa a ganhar intensidade e segundo os números da Cooxupé, no sul de Minas Gerais, cerca de 6% do café já foi colhido. Apesar das incertezas do mercado com a contratação da mão de obra na pandemia do Coronavírus, nas principais regiões produtoras do país a colheita segue sem maiores problemas, salvo impasses pontuais em algumas propriedades. 

Veja a tabela de estimativa de produção: 

Tabela USDA - Café - 28/05

Já para o Conilon, os números indicam uma produção 20,1 milhões de sacas, com aumento de 1,8 milhão de sacas em comparação com a safra passada. "Os principais estados produtores foram favorecidos por volumes abundantes de chuvas, uso aprimorado de boas práticas de manejo de culturas e mudas clonais", destaca o relatório.  

USDA prevê ainda um total de exportação em 44,1 milhões de sacas em 2020/21 (julho/junho), com elevação de 12% sobre 2019/20, quando os embarques foram indicados em 36,624 milhões de sacas. O relatório manteve a previsão de consumo no Brasil em 23,53 milhões de sacas, sendo 22,35 milhões de sacas / moídas e 1,18 milhão de sacas de café solúvel, respectivamente. "Apesar da queda projetada no mercado brasileiro Produto Interno Bruto (PIB) para 2020, uma queda de quatro por cento, segundo dados do Brasil Governo, o café tem alta penetração nas famílias brasileiras", afirma. 

Safra de café da Colômbia de 14,3 milhões de sacas de 60kg corresponde a 8,5% da produção mundial (Embrapa Café)

A Colômbia, terceiro maior país produtor de café em nível mundial, produzirá, no ano-cafeeiro 2019-2020, volume físico equivalente a 14,3 milhões de sacas, cuja safra é exclusivamente da espécie arábica, o qual equivale a 15% da produção mundial dessa espécie, que está estimada em 95,8 milhões de sacas de 60kg. Na safra anterior, a Colômbia produziu 13,9 milhões de sacas de café arábica, número que aponta um ligeiro crescimento de 3% se comparado com a safra atual em curso. 

Em relação à produção global das espécies de cafés arábica e robusta, que totaliza 169,3 milhões de sacas, os cafés colombianos, que são apenas da espécie arábica, correspondem a 8,5%, tendo em vista que a produção mundial de robusta está calculada em 73,6 milhões de sacas. Com base nesses dados, constata-se que a produção total de café da espécie arábica equivale a 57% e a de robusta corresponde a 43%, em relação à produção mundial total, no ano-cafeeiro ora em destaque.

O segundo país maior produtor de café do mundo, o Vietnã, que colherá 96,6% de cafés da espécie robusta e 3,4% da espécie arábica, tem sua safra estimada para o ano-cafeeiro 2019-2020 em 32,2 milhões de sacas, das quais 31,1 milhões de sacas são de robusta e 1,1 milhão de sacas  de arábica. Expandindo essa análise, fica evidenciado que a produção de café robusta vietnamita equivale a aproximadamente 42% da produção dessa espécie no planeta e a de café arábica a 1,1%. Em complemento, vale também destacar que a produção total do Vietnã, em relação à safra mundial deste ano em curso, equivale a 19%.

Os números estatísticos demonstrados da cafeicultura brasileira e mundial, que estão sendo objeto dessa análise feita pela Embrapa Café e permitindo realizar estudos e estabelecer comparações das safras dos cafés arábica e robusta, foram extraídos do Sumário Executivo do Café – Maio 2020, da Secretaria de Política Agrícola – SPA, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento - Mapa. Tal Sumário também está disponível, na íntegra, desde abril de 2013, no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.

Leia esta ANÁLISE/divulgação na íntegra na página da Embrapa Café,  do Observatório do Café e do Consórcio Pesquisa Café.

Conheça também o Portfólio de tecnologias do Consórcio pelo link http://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/publicacoes/637 e também acesse todas ANÁLISES e notícias da cafeicultura.

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas/Embrapa

0 comentário