Café começa semana com poucas movimentações: Dólar em alta e mercado acompanhando colheita

Publicado em 01/06/2020 09:26 e atualizado em 01/06/2020 10:01 335 exibições

LOGO nalogo

A semana começa sem grandes variações para o mercado futuro do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Future US). As últimas sessões foram movimentadas após os números do USDA - de 67,9 milhões de sacas para 2020/21, serem divulgados.

Por volta das 09h25 (horário de Brasília), julho/20 tinha queda de 80 pontos, valendo 95,50 cents/lbp, setembro/20 tinha baixa de 70 pontos, negociados por 97,45 cents/lbp, dezembro/20 desvalorizava 80 pontos, por 99,75 cents/lbp e março/21 registrava baixa de 85 pontos, valendo 101,95 cents/lbp. 

O mercado agora acompanha a colheita no Brasil, que começa a ganhar força no sul de Minas Gerais. Segundo as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não há previsão de chuvas para os próximos dias, o que colabora para o avanço da colheita. A entrada da nova safra também ajuda pressionar os preços em Nova York. 

Também por volta deste horário, o dólar registrava alta de 0,12% e era cotado por R$ 5,35 na venda. O dólar mais alto pode pressionar o preço do café no exterior, mas em contrapartida também tende a encorajar as exportações do café brasileiro.

Mercado Interno - Última sessão

O tipo 6 duro teve baixa de 5,56% em Poços de Caldas/MG, negociado por R$ 510,00. Guaxupé/MG registrou desvalorizaçaõ de 1,85%, valendo R$ 530,00. Patrocínio/MG teve baixa de 2,785, negociado por R$ 560,00. Varginha/MG registrou queda de 1,79%, negociado por R$ 550,00. Campos Gerais/MG teve baixa de 4,43%, valendo R$ 518,00.

O tipo 4/5 teve desvalorização de 5,45%, cotado por R$ 520,00. Varginha/MG registrou baixa de 1,75%, valendo R$ 560,00. Franca/SP registrou desvalorização de 1,85%, valendo R$ 530,00.

O tipo cereja descascado também registrou baixa em todas as regiões produtoras do país. Em Guaxupé/MG a queda foi de 1,65%, cotado por R$ 595,00. Poços de Caldas/MG registrou queda de 4,92%, valendo R$ 580,00. Patrocínio/MG teve queda de 2,54%, valendo R$ 575,00. Varginha/MG teve desvalorização de 2,50%, valendo R$ 585,00 e Campos Gerais teve queda de 4,67%, valendo R$ 572,00.

>>> Veja mais cotações aqui

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário