Mercado de café continua perdendo patamares de preços nesta manhã de quinta

Publicado em 11/06/2020 09:51 e atualizado em 11/06/2020 10:25 363 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica iniciou essa quinta-feira (11) com mais um dia de quedas técnicas na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Acompanhando a colheita e o clima no Brasil, os preços no exterior tem registrado quedas nos últimos dias. Às 10h (horário de Brasília) para julho de 2020 os contratos eram negociados a 94,95 cents/lbp, uma queda de 180 pontos. Para setembro de 2020, as negociações estavam em 96,75 cents/lbp, uma baixa de 180 pontos. Na mesma tendência, dezembro de 2020 perdia 165 pontos, com cotação de 99,15 cents/lbp e março 2021 perdia 140 pontos, com cotação de 101,55 cents/lbp.

A previsão climática é tempo de estável nas principais regiões produtoras do Brasil, o que pode garantir um bom avanço nos trabalhos de colheita dos próximos dias. Além das questões climáticas no Brasil, atenção também para as novas projeções da safra da Colômbia, segundo maior produtor de arábica do mundo. "O CEO da Federação de Produtores de Café da Colômbia disse na quarta-feira que "as áreas de café da Colômbia foram abençoadas com uma boa colheita" destacou o site internacional Barchart . 

Com o feriado de Corpus Christi no Brasil, atenção se volta para o mercado externo. Confira as últimas cotações para o café brasileiro.

Leia também:

Colheita de café da Cooxupé alcança 12,5% do total até 5 de junho

Preço do café tipo arábica no mercado físico caiu R$ 130,00 em 30 dias: Colheita e clima justificam quedas também no Conilon

 

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário