Bolsa de Nova York registra quedas para o café: Coronavírus volta impactar mercado

Publicado em 19/06/2020 13:36 244 exibições

LOGO nalogo

A sexta-feira (19) continua sendo um dia de poucas movimentações na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Segundo análise do site internacional Barchart os preços voltam a cair em decorrência da pandemia do Coronavírus. 

Por volta das 13h33 (horário de Brasília), julho/20 tinha queda de 75 pontos, valendo 93,85 cents/lbp, setembro/20 registrava queda de 75 pontos, negociado por 96 cents/lbp, dezembro/20 tinha baixa de 60 pontos, valendo 98,25 cents/lbp, março/21 registrava desvalorização de 65 pontos, negociado por 101,70 cents/lbp.

"Os preços do café nesta manhã são mais baixos devido às preocupações com a demanda global de café, depois que o chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS) disse hoje que a pandemia de coronavírus está "acelerando", destacou o site internacional Barchart. Ainda de acordo com a publicação, isso pode forçar mais países a travar a tentativa de retardar a disseminação do vírus, o que poderia fechar mais restaurantes e cafés e reduzir a demanda de café.

Também neste horário, o dólar registrava desvalorização de 0,05% e era cotado por R$ 5,37 na venda. O dólar em baixa, na teoria, poderia dar suporte de alta aos preços em Nova York. No entanto, com a pandemia do Coronavírus atingindo todo o setor financeiro, o mercado do café tem a necessidade de ser avaliado dia após dia. 

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário