Café abre pregão andando de lado na Bolsa de Nova York

Publicado em 02/07/2020 09:19 276 exibições
Apenas julho/20 tinha variações expressivas no início da manhã

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica iniciou a quinta-feira (2) com valorização para julho/20 e movimentações técnicas para os demais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). As cotações mantém as altas do início da semana, quando as previsões meteorológicas informaram que uma massa de ar frio poderia atingir o sul de Minas Gerais neste final de semana.

Por volta das 09h17 (horário de Brasília), julho/20 tinha alta de 300 pontos, valendo 103,05 cents/lbp, setembro/20 tinha queda de 40 pontos, valendo 103,60 cents/lbp, dezembro/20 tinha baixa de 25 pontos, valendo 108,25 cents/lbp e março/21 registrava baixa de 55 pontos, valendo 107,95 cents/lbp. 

"O mercado digeriu a questão de balanço de oferta e demanda, e passou o foco para o foco do clima brasileiro. A movimentação de hoje tem grande influência do dólar e isso deu suporte em Nova York, daqui pra frente o mercado deve continuar acompanhando essa questão e a gente ainda tem grande parte do Inverno e isso pode trazer volatilidade", afirmou o analista de mercado Fernando Maximiliano. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida manteve a estabilidade em Guaxupé/MG por R$ 537,00, Poços de Caldas/MG também manteve os preços por R$ 520,00. Patrocínio/MG teve alta de 0,96%, valendo R$ 525,00. Varginha/MG registrou valorização de 0,56%, negociado por R$ 540,00, Espírito Santo do Pinhal/SP teve alta de 1,92%, valendo R$ 530,00. Araguarí/MG manteve a estabilidade por R$ 535,00.

O tipo cereja descascado também manteve a estabilidade nas principais regiões. Em Guaxupé/MG foi mantido o valor de R$ 605,00, Poços de Caldas/MG manteve R$ 610,00. Patrocínio/MG subiu 0,88%, negociado por R$ 575,00 e Varginha/MG teve valorização de 0,83%, valendo R$ 605,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário