Café abre pregão com leves altas na Bolsa de Nova York

Publicado em 16/07/2020 09:03 247 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta quinta-feira (16) com valorização técnicas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Em um momento em que as atenções do mercado estão voltadas à colheita do Brasil, os preços quase não registraram variações nas últimas sessões. 

Por volta das 09h02 (horário de Brasília), setembro/20 tinha alta de 55 pontos, valendo 97,95 cents/lbp, dezembro/20 tinha valorização de 55 pontos, negociado por 100,35 cents/lbp, março/21 registrava alta de 60 pontos, sendo negociado por 102,40 cents/lbp e maio/21 subia 65 pontos, valendo 103,55 cents/lbp.

>>> Café: Brasil bate recorde de exportação no ano-safra e expectativa é de números expressivos no 2º semestre

A Cooxupé divulgou na quarta-feira (15) que a colheita na área de atuação da cooperativa chegou a 43,9% da área total até 10 de julho. Os trabalhos estão atrasados na comparação com o ano passado, quando registravam 66,4%, e seguem um pouco atrás do ritmo observado nesta época em 2018 (46,3%). 

Em anos de bienalidade positiva para a variedade arábica, como 2020 e 2018, as atividades tendem a se alongar, devido ao tamanho da safra. A expectativa é de que a colheita de 2020 seja uma das maiores da história. As previsões do Insituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam tempo estável nas principais regiões produtoras do país nos próximos dias, o que favorece a colheita. 

Mercado Interno - Última sessão

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,99% em Guaxupé/MG, Patrocínio/MG registrou a mesma desvalorização, valendo R$ 500,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 495,00. Araguarí/MG manteve o valor de R$ 510,00 e Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 520,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 0,87% em Guaxupé/MG, valendo R$ 567,00. Patrocínio/MG teve baixa de 0,90%, valendo R$ 550,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 595,00. Varginha/MG manteve o valor de R$ 600,00 e Campos Gerais/MG manteve o preço por R$ 600,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário