Café tem dia de reajustes técnicos e recua em Londres e Nova York nesta 4ª

Publicado em 27/10/2021 12:47 e atualizado em 27/10/2021 16:37 315 exibições
Bolsas devolvem parte dos ganhos do último pregão, com desvalorização de mais de 2%

Logotipo Notícias Agrícolas

Após abrir o dia com poucas variações, o mercado futuro do café arábica passou a registrar expressiva de valorização na Bolsa de Nova York (ICE Future US). No início da tarde, os principais contratos recuavam 2,86% no exterior. 

Os preços recuam após expressiva valorização no pregão anterior. Apesar de analistas indicarem que o cenário continua sendo de preços firmes no longo prazo, certa volatilidade não está descartada pelo setor. Os problemas logísticos e as incerteza em relação à safra 22 do Brasil continuam no radar do mercado e podem voltar a dar suporte aos preços. 

Por volta das 12h42 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha queda de 635 pontos, negociado por 201,75 cents/lbp, março/22 tinha baixa de 630 pontos, valendo 204,35 cents/lbp, maio/22 tinha baixa de 625 pontos, valendo 205,05 cents/lbp e julho/22 tinha queda de 625 pontos, valendo 205,55 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon recua neste pregão. Janeiro/22 tem queda de US$ 62 por tonelada, valendo US$ 2208, março/22 tinha queda de US$ 61 por tonelada, valendo US$ 2207, maio/22 tinha baixa de US$ 42 por tonelada, valendo US$ 2144 e julho/22 tinha baixa de US$ 31 por tonelada, valendo US$ 2110.

 


 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário