Café: Em dia de baixas generalizadas, arábica também recua forte na Bolsa de Nova York

Publicado em 26/11/2021 12:31 414 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica segue operando com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). A sexta-feira (26) está sendo marcada por expressiva queda no petróleo, que está relacionada com uma nova variente da Covid-19. O petróleo chegou a cair mais de 8% durante a manhã. 

Por volta das 12h25 (horário de Brasília), março/22 tinha alta de 465 pontos, valendo 240,75 cents/lbp, maio/22 registrava queda de 475 pontos, valendo tinha baixa de 475 pontos, valendo 240,05 cents/lbp e julho/22 tinha queda de 470 pontos, valendo 239,45 cents/lbp. 

A semana foi marcada por expressivas valorizações no mercado futuro e em relação à safra brasileira, produtores e especialistas seguem apontando para cenário de alta para os preços já que a florada não vingou nas principais áreas de arábica do Brasil. A torcida agora é para que para as chuvas continuem regulares para não comprometer ainda mais a safra de 22. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon opera com estabilidade. Março/22 tinha queda de US$ 2, negociado por US$ 2225, maio/22 tinha queda de US$ 6 por tonelada, valendo US$ 2193, julho/22 tinha queda de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 2192 e setembro/22 tinha baixa de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 2188.  

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário