Café confirma tendência e avança 2,02% no acumulado semanal

Publicado em 14/01/2022 17:05 777 exibições
Mercado de olho na produção das principais origens produtoras e aguardando relatório dos embarques do Brasil

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica encerrou o pregão desta sexta-feira (14) com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Leia mais:

Março/22 teve alta de 265 pontos, negociado por 239,65 cents/lbp, maio/22 teve valorização de 260 pontos, valendo 239,55 cents/lbp, julho/22 teve valorização de 260 pontos, cotado poor 238,65 cents/lbp e setembro/22 teve queda de 245 pontos, valendo 237,60 cents/lbp. 

Por mais uma semana o mercado seguiu as projeções apontadas por analistas do setor. O contrato referência no acumulado semanal avançou 2,02%. O preço tem suporte na redução ofertal global do grão. Os problemas climáticas são uma realidade também para outras origens produtoras de café arábica, como Colômbia e Honduras. 

O mercado de café também aguarda pelo relatório do Conselho de Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) com os embarques do mês de dezembro e fechamento de 2021. Com os problemas logísticos ainda afetando todo setor exportador, analistas afirmam que os dados em questão devem indicar o rumo do mercado nos próximos meses. 

Em Londres, o café tipo conilon encerrou a semana com ajustes técnicos para os preços. Março/22 teve queda de US$ 9 por tonelada, valendo US$ 2228, maio/22 teve baixa de US$ 8 por tonelada, negociado por US$ 2194, julho/22 teve queda de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 2185 e setembro/22 teve queda de US$ 8 por tonelada, valendo US$ 2181. 

No mercado interno, o preço acompanhou e também teve um dia de valorização nas principais praças de comercialização do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,68% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.490,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 2,05%, valendo R$ 1.490,00, Araguarí/MG teve alta de 0,67%, valendo R$ 1.500,00, Campos Gerais/MG teve alta de 0,67%, valendo R$ 1.508,00 e Franca/SP teve valorização de 0,66%, valendo R$ 1.530,00. 

O tipo cereja descascado teve alta de 0,64% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.580,00, Poços de Caldas/MG teve valorização de 1,29%, valendo R$ 1.570,00 e Campos Gerais/MG teve alta de 0,64%, valendo R$ 1.568,00. 

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário