Banco do Brasil aumenta oferta de hedge para cafeicultores com papeis de 5 anos

Publicado em 11/07/2011 11:13 e atualizado em 11/07/2011 15:25 620 exibições

Produtores de café com papéis de prazo de cinco anos terão aumento na oferta de hedge.A medida do Banco do Brasil entra em vigor até o final do próximo mês e visa aproveitar o bom momento dos preços. Hoje, o BB trabalha apenas com prazo de um ano para soja, milho, boi e café.

Na última quinta-feira, a saca de café fechou a R$478,75, segundo indicador do Cepea, número acima do nível histórico de R$250,00 por saca verificado antes da alta recente dos preços. De acordo com o gerente-executivo do agronegócio do Banco do Brasil, João Rabelo, os preços atrativos são uma boa oportunidade para o produtor garantir seus ganhos.

O objetivo da medida é levar o produtor que não possui intimidade com negociações na bolsa ao mercado futuro de opções. Dessa forma, o BB ficaria responsável por toda a operação com custo de 0,95% a 3% do valor total a ser custeado.

Na operação de hedge ofertada, o agricultor adquire um contrato de opção de venda de seu produto na bolsa por um preço pré-fixado. Dessa forma, ele garante que receberá o valor determinado no prazo de cinco anos. No vencimento, o produtor pode optar por receber o valor estabelecido, caso o preço esteja abaixo do mercado ou comercializar normalmente a produção.

A ferramenta do Banco do Brasil auxilia em um menor impacto causado pelas variações de preços para o produtor. Já para a instituição, diminui-se a solicitação de recursos do Tesouro Nacional para cobrir falta de pagamentos do agricultor que sofreu com oscilação e não tem como pagar suas dívidas.

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário