Semana de volatilidade para os preços do café com foco nos desdobramentos da crise econômica europeia

Publicado em 24/10/2011 08:34 e atualizado em 24/10/2011 11:30 652 exibições
Acompanhando os mercados ao redor do mundo, o mercado futuro de café oscilou bastante esta semana, subindo ou caindo com rapidez e força, conforme se sucediam notícias sobre a crise na zona do euro e seus possíveis desdobramentos em uma economia globalizada.

Hoje, sexta-feira, as notícias sobre a aprovação pelo Parlamento grego de um pacote de austeridade, aliada ao enfraquecimento do dólar frente ao real e às informações sobre as fortes e persistentes chuvas na Colômbia e América Central (que estão prejudicando o bom andamento das colheitas de café na região) levaram os contratos de café na ICE Futures US a subirem forte.

No mercado físico brasileiro os preços permaneceram praticamente estáveis, não acompanhando o sobe e desce das bolsas de futuro. Não se sente a menor pressão vendedora e os lotes de melhor qualidade que chegam ao mercado são bastante disputados.

Os fundamentos permanecem sólidos e todas as notícias e informações que chegam apontam para um quadro de aperto na oferta. A entrevista do diretor técnico da Federação dos Cafeicultores da Colômbia à Revista do Café (ano 90 – setembro de 2011 – Nº 839, pág. 12 – veja a matéria em nosso site, na seção “EXTRA”) retrata bem as dificuldades enfrentadas pelo segundo maior produtor de café arábica do mundo e ajuda a explicar a corrida para o Brasil dos compradores de café de qualidade.

A contínua queda nos estoques americanos de café verde e do estoque de café certificado na ICE Futures US também apontam na direção do quadro de escassez.

A "Green Coffee Association" divulgou que os estoques americanos de café verde totalizaram 4.581.786 em 30 de setembro de 2011. Uma baixa de 155.555 sacas em relação às 4.737.341 sacas existentes em 31 de agosto de 2011.

Até o dia 20, os embarques de outubro estavam em 1.135.673 sacas de café arábica, 125.346 sacas de café conillon, somando 1.261.019 sacas de café verde, mais 94.952 sacas de solúvel, contra 1.536.826 sacas no mesmo dia de setembro Até o dia 20, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em outubro totalizavam 2.082.477 sacas, contra 1.958.861 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 14, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 21, subiu nos contratos para entrega em dezembro próximo, 530 pontos ou US$ 7,01 (R$ 12,47) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam no dia 14 a R$ 548,83/saca e hoje, dia 21, a R$ 576,20/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 1320 pontos.

Tags:
Fonte:
Escritório Carvalhaes

0 comentário