Mercado de coelhos está aquecido e criadores não atendem a demanda

Publicado em 07/05/2014 10:09 797 exibições

A criação de coelho de corte cresce no sudeste de São Paulo, mas como a procura é grande, no único frigorífico do estado a produção é insuficiente para atender aos pedidos.
Carro cheio de gaiolas chegando significa dia de abate no frigorífico que fica em Salto de Pirapora, sudeste de São Paulo. O local é abastecido por 100 criadores da região, que juntos fornecem 12 mil coelhos por mês, quantidade que aumentou 10 vezes na última década e que ainda está em expansão.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário