Grupo técnico de sanidade da CNA debate brucelose, tuberculose e influenza aviária

Publicado em 02/10/2015 17:39
A reunião ocorreu na sede da Confederação, em Brasília, como forma de traçar metas para prevenção e implementação de medidas de segurança em relação às doenças em território nacional

Brasília (02/10/2015) – A sanidade animal é importante e estratégica para qualquer país, principalmente para aqueles que, como o Brasil, são líderes na produção de alimentos. As notícias da ocorrência de doenças como a febre aftosa, brucelose, tuberculose, mal da vaca louca e gripe aviária, causam prejuízos ao comércio mundial e preocupação à saúde pública.

Para a Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) a intensificação da temática é de extrema importância, tanto para os produtores rurais, quanto para a sociedade, por isso o Grupo Técnico de Sanidade da CNA se reúne com frequência para debater o assunto junto às entidades do setor, representantes das federações estaduais de agricultura e pecuária e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Segundo o coordenador do grupo, Altino Rodrigues Neto, a uma preocupação geral nos estados brasileiros em relação às doenças. “Essas reuniões nos possibilitam trocar experiências e as mais variadas sugestões para combater e prevenir as enfermidades que atrapalham o rendimento dos produtores rurais”, observou.

Para o secretário de Defesa Agropecuária do MAPA, Décio Coutinho, a troca de informações entre todos os membros do Grupo Técnico de Sanidade possibilita o compartilhamento de ideias e o desafio de vencer os entraves do setor. “As melhorias só começam aparecer quando há um trabalho em conjunto entre o setor público e o privado”, finalizou.

Na reunião que ocorreu, nesta quarta-feira (30/09), o Grupo debateu sobre a situação da influenza aviária no mundo e os mecanismos de prevenção para que a doença, que nunca ocorreu aqui, não entre no Brasil. O Coordenador do Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA), do MAPA, Bruno Pessamilio, e o representante da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ariel Mendes, apresentaram a situação dos estados quanto a implementação das medidas de biossegurança na avicultura com foco na prevenção. Foi concluída também, aminuta com as contribuições do Grupo de Sanidade sobre o Projeto de Instrução Normativa do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal (PNCEBT), o qual se encontra em consulta pública até hoje, dia 02/10/2015.

Estiveram presentes na reunião também o Diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA), Guilherme Marques, e o Coordenador do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), Plínio Lopes, ambos do MAPA.

Tags:
Fonte:
CNA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário