Seca se agrava no sudeste de Buenos Aires, Argentina; problemas para trigo e plantio da soja

Publicado em 07/12/2016 08:42
163 exibições

As chuvas previstas para ontem (6) em Buenos Aires, na Argentina, foram mínimas no sudeste da província, o que agravou a situação de seca na região, em um momento no qual o trigo está terminando de definir seu rendimento. O sudeste de Buenos Aires é responsável por 2 a 3 milhões de toneladas da colheita nacional.

Em alguns lugares houve apenas registros de 10 a 15 milímetros, insuficientes para a demanda nesta época do ano. A escassez de chuvas também freia qualquer avanço para o plantio de soja na zona.

De acordo com Germán Heinzenknecht, da Consultoria de Climatologia Aplicada (CCA), a produtividade "vai estar abaixo dos valores normais". Ele disse também que os resultados serão regulares e que a situação climática coloca incertezas para a safra de verão.

O especialista disse ao jornal La Nación que é "pouco possível uma recuperação destacada em dezembro", a respeito das chuvas. "Os plantios serão feitos em um contexto rigoroso", apontou.

Para o trigo, a seca também está agravando alguns quadros que foram atingidos por geadas em 18 de novembro. Além disso, os cereais que foram plantados muito tarde devem ser os que mais perderão em rendimento.

Com informações do Agrositio

Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário